Ex-assessor da SES desviou sozinho R$ 590 mil, aponta PF

Mariano Silva foi a pessoa física que mais movimentou dinheiro obtido de forma irregular, aponta investigadores

O ex-assessor da Secretaria Estadual de Saúde (SES), o médico piauiense Mariano de Castro Silva, cuja prisão temporária foi decretada após deflagração da operação Pegadores, desviou mais de R$ 590 mil em recursos públicos oriundos do setor. Foi o que apontou a Polícia Federal a partir das investigações, que trouxeram à tona um escandaloso esquema de corrupção envolvendo gestores do Governo do Maranhão.

De acordo com a PF, Mariano recebeu entre junho de 2015 e junho de 2016 aproximadamente R$ 302.115,00 de uma empresa supostamente de fachada denominada GP Serviços de Saúde e criada especificamente para distribuição da verba, repassada aos aliados de Dino. Após este recebimento, outros R$ 251 mil também são imputados pela apuração da polícia ao ex-servidor da SES. Ainda de acordo com a PF, foram feitos outros repasses menores de R$ 17 mil e de R$ 20.500,00 também ao ex-servidor.

Considerando um período maior, ou seja, entre 1º de abril de 2014 e 28 de junho do ano passado, o ex-servidor da pasta estadual movimentou a cifra, ainda de acordo com a investigação, de R$ 31 milhões.  Mariano é apontado como “a pessoa física com a maior movimentação financeira entre os investigados”.

No total, 17 pessoas foram presas durante a operação Pegadores, que está incluída na Operação Sermão dos Peixes. Além de Mariano e outros funcionários, também foi presa a ex-secretária- adjunta de Saúde do Estado, Rosângela Curado.


6 pensou em “Ex-assessor da SES desviou sozinho R$ 590 mil, aponta PF

  1. O louvável proceder da PF e do MPF-MA humilha, de uma vez só, o Ministério Público Estadual, a Justiça Estadual e o TCE/MA. Na medida em que baseado somente numa simples denúncia da imprensa, num indício de recebimento ilegal de salário de uma funcionária da SES, acabou desbaratando uma numerosa quadrilha que operava desde de 2015 quase no núcleo do governo de Flávio Dino.

    A mesma presteza, lamentavelmente, não vem sendo observada por parte dessas instituições estaduais acima citadas, ante a diversas denúncias levadas formalmente, e muito bem instruídas com provas documentais, por deputados da oposição, contra o Governo do Estado!

    Olha quem muito se abaixa o rabo aparece.

  2. O louvável proceder da PF e do MPF-MA humilha de uma vez só o Ministério Público Estadual, a Justiça Estadual e o TCE/MA. Na medida em que baseado somente numa simples denúncia da imprensa, num indício de recebimento ilegal de salário de uma funcionária da SES, acabou desbaratando uma numerosa quadrilha que operava desde de 2015 quase no núcleo do governo de Flávio Dino.

    A mesma presteza, lamentavelmente, não vem sendo observada por parte dessas instituições estaduais acima citadas, ante a diversas denúncias levadas formalmente, e muito bem instruídas com provas documentais, por deputados da oposição, contra o Governo do Estado!

    Olha, quem muito se abaixa o rabo aparece.

Os comentários estão fechados.