TJMA vai apurar caso de servidor que assinou pesquisa da Exata

O Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) informou hoje (14), por meio de nota, que vai apurar a denúncia de que um analista judiciário assina pesquisa eleitoral do instituto Exata.

O caso foi revelado em primeira mão pelo Blog do Gilberto Léda nesta semana (reveja).

Vitor Emmanuel Bouças é estatístico lotado na CGJ e, de acordo com o advogado Thales de Andrade, autor da reclamação, não poderia estar atuando para iniciativa privada.

Segundo o TJ, já foi solicitado à Corregedoria Geral da Justiça (CGJ) o encaminhamento da Reclamação Disciplinar protocolada por Andrade.

O objetivo é instaurar processo disciplinar, “com vistas à apuração da denúncia de que o servidor Vitor Emmanuel Bouças da Silva – lotado na Divisão de Acompanhamento de Dados Estatísticos da Justiça de 2° Grau – estaria assinando pesquisas eleitorais, em descumprimento a Lei Estadual nº 6.107/1994 (Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado do Maranhão) – artigo 2º, inciso II – e em desacordo com a Resolução n° 50/2010, que aprova o Regulamento Disciplinar dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Maranhão”.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *