“Propaganda não salva vida”, diz Roseana ao citar morte na porta de hospital

A ex-governadora Roseana Sarney (MDB) fez ontem (23), durante comício na Raposa, uma pesada crítica ao que considera má gestão da Saúde no Maranhão.

Referindo-se ao recente caso da morte de uma idosa, sem hemodiálise, na porta de um hospital de Pinheiro (reveja), ela disse que “propaganda não salva vida”.

“As pessoas estão revoltadas com tantas mentiras, porque sabem que a realidade do Maranhão é muito diferente do que eles mostram na propaganda. Mas propaganda não salva a vida de quem está morrendo nas portas dos hospitais, não dá emprego aos jovens. O povo é quem está sentindo na pele e quer dar um basta nesse governo desumano”, declarou Roseana, ao lado dos candidatos ao Senado, Sarney Filho e Edison Lobão.

A candidata foi ouvida por mais de 5 mil pessoas que formaram um misto de caminhada e carreata por mais de 2 km do município da Raposa.

“Uma gestão comunista está aí na Prefeitura de Raposa mostrando a todos nós que não podemos deixar que eles se perpetuem no Maranhão. Por isso queremos Roseana de volta”, declarou Ocileia Fermandes, principal liderança de oposição no município. “Vamos para o segundo turno e venceremos a eleição”, enfatizou.


Uma ideia sobre ““Propaganda não salva vida”, diz Roseana ao citar morte na porta de hospital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *