Maranhão contemplado

Da coluna Estado Maior

Uma emenda de R$ 180 milhões apresentada pela bancada maranhense será contemplada para a recuperação de trechos da BR-135, principal rodovia que corta o estado.

O anúncio foi feito pelo ex-líder do grupo de deputados e senadores, Hildo Rocha (MDB). Segundo ele, o valor fará parte do pacote anunciado na terça-feira, 16, pelo Governo Federal, de R$ 2 bilhões que serão usados para a recuperação da malha rodoviária brasileira.

Com a contemplação de acordo com os parlamentares, o Executivo federal inclui o Maranhão na lista dos beneficiados. Além do estado, também deverão contar com obras Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Pará, Bahia e Mato Grosso.

Segundo a bancada, com base em informações da Superintendência Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), os serviços na 135 deverão começar após o período chuvoso. A expectativa é de início no próximo mês. Por enquanto, apenas reparos emergenciais (conhecido popularmente como tapa-buraco) são executados.

Hildo Rocha comemorou a inclusão do Maranhão entre os beneficiários. Para ele, o Governo Federal dá sinais claros de que quer manter parceria positiva com as demandas locais.

“Trata-se de uma demanda antiga e necessária e que finalmente será incluída na pauta do governo”, disse.

No fim da tarde de ontem, o DNIT anunciou a liberação do tráfego das duas pistas da BR-135, após reparos feitos na rodovia.

Prefeitura distribui pescado nesta quinta em Pinheiro

A Prefeitura de Pinheiro, através da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, realizará nesta quinta-feira (18) a partir das 08:00 a distribuição de pescados pelo Programa Mais Peixe na Mesa.

O programa é destinado a famílias de baixa renda participantes do Cadastro Único do Governo Federal e é realizado tradicionalmente na véspera da sexta-feira santa quando milhares de famílias culturalmente suspendem o consumo de carne.

A senhas para o recebimento do peixe pode ser retirada na Assistência Social e CRAS mais próximo.

Confira os pontos de distribuição na sede e nos povoados de Pinheiro:

Família decide levar Bita do Barão para morrer em casa

Do G1 Maranhão

Internado há 10 dias em hospital particular de Teresina, o famoso pai de santo Bita do Barão sofreu uma piora no quadro de saúde nesta quarta-feira (17) e estava internado na UTI. A pedido da família, o umbandista foi removido nesta tarde para um apartamento e aguarda liberação para ser encaminhado de UTI móvel para casa dele em Codó, no Maranhão.

“O médico falou que o quadro é irreversível, mas como era um desejo dele morrer em casa, a família quer levá-lo para Codó. Nos últimos dias estava acompanhando mais de perto o estado dele e infelizmente foi só piorando devido a idade avançada”, declarou o vice-coordenador do Centro Nacional de Africanidades e Resistência Afrobrasileira, pai Rondinele Santos.

Segundo o coordenador, Bita do Barão estava consciente quando foi internado devido a infecção pulmonar, agravando para um problema renal e de pressão alta. Durante a tarde desta quarta-feira, amigos e familiares chegaram a comunicar a morte cerebral do pai de santo, mas a informação foi negada pela direção do hospital, que não divulgou quando ele será transferido.

Centenas aguardam na frente do hospital notícias do pai de santo e a segurança foi reforçada. Nesta quinta-feira (18), várias caravanas estão previstas para sair de Teresina com destino a Codó.

Aluisio viabiliza encontro de deputados maranhenses com Bolsonaro

O deputado federal Aluisio Mendes (PODE) – ao lado dos deputados federais Edilázio Jr (PSD) e Pastor Gildenemyr (PMN) – se encontrou na tarde desta quarta-feira (17) em Brasília com o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL). A reunião com o chefe do Executivo somente foi possível graças à boa relação entre o parlamentar maranhense e Bolsonaro. Além de Edilázio e Pastor Gildenemyr, também foram convidados para o encontro os deputados Hildo Rocha (MDB) e João Marcelo (MDB), no entanto, eles não compareceram por questões pessoais.

No encontro, que contou ainda com as presenças do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni e do ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, General Santos Cruz, foram discutidas demandas de grande importância para o estado e levadas por Aluisio, dentre elas, a Base Aérea de Alcântara, o Porto do Itaqui, além do apoio aos desabrigados com as chuvas no Estado e dos reparos a serem feitos na malha rodoviária.

Ao presidente, Aluisio Mendes fez questão de ressaltar que o Maranhão conta com o Governo Federal. Por sua vez, o deputado ressaltou a resposta positiva de Bolsonaro à bancada. “Nossa reunião foi extremamente positiva e o presidente Bolsonaro nos garantiu que atenderá a todos os pedidos, especialmente no apoio às estradas e aos desabrigados”, disse.

Aluisio também ressaltou outros temas que pautaram a reunião, como a reforma da Previdência. Segundo o parlamentar, do ponto de vista político, o encontro com o presidente demonstra que não há qualquer rejeição do Governo Federal com o estado. “Ele [Bolsonaro] está ciente de que o Maranhão apresenta várias necessidades e que, na medida do possível e com sua intervenção, será possível trazer várias melhorias para o estado”, afirmou.

Após ouvir as solicitações, Bolsonaro garantiu que incluirá em sua agenda uma visita ao Maranhão. Segundo Aluisio, a vinda do presidente ao estado deverá ser confirmada em breve.

Othelino mobiliza bancada e entrega Carta de São Luís a presidentes do Senado e Câmara

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão e do Colegiado do ParlaNordeste, deputado Othelino Neto (PC do B), entregou, oficialmente, nesta terça-feira (16), em Brasília (DF), a Carta de São Luís – com o posicionamento do grupo quanto ao Consórcio Nordeste, Reforma da Previdência, Pacto Federativo e Fortalecimento dos Órgãos Regionais de Desenvolvimento – aos presidentes da Câmara e do Senado, respectivamente deputado federal Rodrigo Maia (DEM/RJ) e senador Davi Alcolumbre (DEM/AP). 

As propostas de redução do Benefício de Prestação Continuada (BPC), alteração nas regras da aposentadoria rural e possível fusão do Banco do Nordeste (BNB) ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) são alguns dos itens que mais têm preocupado a região nordestina. “Somos a favor da Reforma da Previdência, mas contrários a esses pontos, que, certamente, prejudicariam muito o Brasil, em especial o Nordeste”, esclareceu Othelino Neto. 

No Senado, o presidente Davi Alcolumbre parabenizou a manifestação dos presidentes nordestinos e garantiu que levará o tema ao conhecimento dos demais senadores. “Saiam certos de que estamos comprometidos com esta causa a favor do Brasil e das regiões que mais precisam de nossa atuação política”, destacando ainda a importância da permanência do BNB que, segundo ele, estende-se ao Banco da Amazônia e instituições, como a Codevasf, essenciais para o desenvolvimento do país. 

Na Câmara, Rodrigo Maia disse que itens como alteração na aposentadoria de trabalhadores rurais e redução do BPC serão retirados da proposta de Reforma. “Independente de partido já estamos começando a construir soluções de recuperação de investimentos para todos os estados brasileiros”, enfatizou. 

Apesar do encontro positivo, tanto no Senado quanto na Câmara Federal, o deputado Othelino afirmou que é preciso estar atento aos desdobramentos dessas importantes pautas de interesse do Nordeste. “Tivemos sinalizações objetivas do presidente do Senado no sentido de atender nossas demandas sobre Previdência e a possível fusão do BNB ao BNDES. E o presidente da Câmara nos disse que esses itens reivindicados da Reforma já são consenso do Congresso para que sejam aprovados. Neste sentido, voltamos para nossos estados mais tranquilos, mas sempre mobilizados a lutar pelas bandeiras de interesse do Nordeste”, afirmou.

Mudança na PMMA: Portela perdeu queda de braço para Marcelo Tavares

Foi uma vitória pessoal do secretário-chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares (PSB), a ascensão do coronel Ismael Fonseca ao posto de comandante-geral da Polícia Militar do Maranhão (PMMA).

O novo chefe da polícia estadual é indicação do socialista, que venceu uma queda de braço contra o secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela.

Governistas garantem, ainda, que a relação de Fonseca com Portela não é das melhores…

735 detentos de São Luís passarão a Páscoa em casa

O Juízo da 1ª Vara de Execuções Penais da comarca da Ilha de São Luís disponibilizou a relação dos recuperandos do sistema prisional que estão aptos ao benefício da Saída Temporária da Semana Santa deste ano. Segundo o documento, estão autorizados à saída 735 internos do regime semi-aberto, se por outro motivo não estiverem presos, para visita aos seus familiares. Do total de recuperandos constantes da relação, 303 estão recebendo o benefício pela primeira vez e passarão o período utilizando tornozeleiras eletrônicas.

O benefício tem início a partir das 9h desta quarta-feira (17), devendo os internos retornarem aos estabelecimentos prisionais até as 18h da próxima terça-feira (23). Os mesmos beneficiados, se por qualquer motivo não regredirem de regime, também estarão aptos às demais saídas temporárias de 2019 – Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia das Crianças e Natal.

A Saída Temporária é uma previsão da Lei de Execuções Penais, que estabelece os requisitos para concessão do benefício nos artigos 122 e 123. Antes da saída, os beneficiados são submetidos a reunião de advertência, esclarecimentos complementares e assinatura do termo de compromisso.

Os recuperandos beneficiados com a Saída Temporária não poderão ausentar-se do estado do Maranhão; devem recolher-se às suas residências até as 20h; e não podem ingerir bebidas alcoólicas, portar armas ou frequentas festas, bares e similares. Até às 12h do dia 26 de abril, os responsáveis pelos estabelecimentos prisionais devem comunicar ao Juízo da 1ª VEP sobre o retorno dos internos ou eventuais alterações. Os responsáveis pelas unidades prisionais devem comunicar a VEP, até às 12h do dia 26 de abril, a respeito do retorno dos internos e/ou eventuais alterações.

Sobre a saída de presos, a VEP cientificou a Secretaria de Estado de Segurança Pública, Secretaria de Estado de Administração Penitenciária, Superintendência da Polícia Federal, Superintendência de Polícia Rodoviária Federal, e diretorias dos estabelecimentos penais de São Luís, para operacionalização das medidas estabelecidas na portaria.