Brincadeira! Delegado que agrediu funcionário da CAEMA processa a vítima criminalmente

Delegado (de rosa) observa agressão a funcionário

Parace até brincadeira, mas não é! O delegado Alberto Castelo Branco – aquele que, com a ajuda de dois agentes da Polícia Civil, espancou um funcionário da CAEMA há um mês – processou a vítima criminalmente.

Na ação, Castelo Branco acusa o servidor de o ter agredido. O delegado encontra-se atualmente afastado das funções por decisão da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Uma audiência de conciliação aconteceu na última terça-feira (16). O servidor conta com o auxílio da assessoria jurídica da Companhia de Saneamento Ambiental.

Relembre o caso

O delegado Castelo Branco é acusado de ter espancado José Raimundo Ribeiro Pires, 44, funcionário da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (CAEMA) no meio da rua, por volta das 11h do dia 15 de julho.

Na ocasião, a CAEMA realizava um serviço de recuperação de esgoto no local. O funcionário foi destacado para orientar os motoristas sobre a obra e evitar maiores transtornos, já que a via estava interditada por um carro da empresa.

Quando a viatura da Delegacia de Costumes, com o delegado e mais dois agentes dentro, passava pelo local, Castelo Branco irritou-se com o servidor da Companhia por não poder passar por onde gostaria e já desceu desferindo socos e pontapés, segundo relatam testemunhas.

O homem caiu no chão. Os dois acompanhantes do delegado também desceram e iniciaram a sessão de espancamento.


9 pensou em “Brincadeira! Delegado que agrediu funcionário da CAEMA processa a vítima criminalmente

  1. Eu tenho em conta que, Delegado e Delegada são pessoas séria, se for verdade isso ai, esse Castelo Branco está no mesmo nivel de Deputados safados e sem vergonha existente na Assembléia Legislativa do Ma.
    Seu alberto, vá cumprir sua pena, com serviço prestado em algun SSU. É isso que você merece!!!.

  2. Eu, sei q a justiça é cega…mas pensando bem, ela tb não regula dos miolos…querer condenar uma pessoa q foi constrangida em pleno serviço…é o fim da picada…mais ñ ´prá se admirar desse caso…pois coisas piores q acontece nos porões do PODER aqui no MARANHÃO.

  3. Só tenho um comentário a fazer: TODOS os policiais envolvidos e esse delegado de %^$#^&* são VAGABUNDOS e deveriam ser expulsos e presos pela própria polícia…

  4. Esse Delegado não tem nenhuma moral, ele se comporta acima das leis, um verdadeiro marginal…
    Lamentavel, uma vergonha para a Policia Civil.

Os comentários estão fechados.