Prévias do PT: delegados escolhidos “a dedo”

Serão escolhidos “a dedo”, como se diz no popular, os delegados que votarão nas prévias do PT para escolher, entre o vice-governador Washington Oliveira e o deputado estadual Bira do Pindaré, o candidato a prefeito de São Luís pelo partido. A eleição acontece dia 15 de abril.

A avaliação é do petista Kléber Gomes. Segundo ele, em conversa com jornalistas na noite de ontem (25), durante a apuração da primeira fase da disputa, a vantagem de Oliveira é boa, mas não pode ser encarada como vitória certa em abril, sob pena de haver surpresas.

“Os delegados serão escolhidos ‘a dedo’. Ou a mão inteira”, brincou.

O grupo do vice-governador vai para a disputa com 124 delegados. O do deputado, com 96, o que, para o professor Ed Wilson, é uma vantagem “irreversível”.

“É uma margem considerável. Eu diria irreversível”, admitiu o militante, aliado de Bira,. também na noite de domingo.

Para Bira, resta torcer para que o fato de o voto ser secreto represente alguma possibilidade de mudança. Ou contentar-se com nova derrota mês que vem.


6 pensou em “Prévias do PT: delegados escolhidos “a dedo”

  1. Como escreveu o jornalista Cunha Santos: “Caso Bira do Pindaré perca a indicação no Partido dos Trabalhadores, o único adversário real do grupo Sarney na disputa por São Luís nas eleições de 2012 é o prefeito João Castelo. A outra opção neste grupo seria o ex-prefeito Tadeu Palácio, ninguém menos que o ex-secretário de Turismo de Roseana Sarney.
    …A velha cidade padece. O grupo político do senador José Sarney conseguiu, usando a Justiça, impedir a construção de um hospital de urgência e emergência que mudaria ainda mais a face da saúde em São Luís. Tudo porque em 2008 a cidade elegeu Castelo, não elegeu nenhum dos candidatos de José Sarney. A cidade, repetimos, paga o preço de uma sórdida vingança.

Os comentários estão fechados.