Maranhense vence etapa do Brasileiro de Poker e fatura quase R$ 380 mil

pokerJosé Luís Costa é o campeão do Main Event da etapa São Paulo do Brazilian Series of Poker (BSOP). Em mesa final encerrada na madrugada desta quarta-feira (31/7), o maranhense bateu Caio Augusto Bento no heads-up e levou para casa um cheque de R$377.600.

Quando as fichas começaram a rolar no hotel Holiday Inn Parque Anhembi para o dia decisivo do torneio, quem puxava a fila era o piloto de Stock Car Galid Osman, seguido de perto por Ramon Sfalsin. José Luís aparecia apenas em oitavo lugar.

Último estrangeiro vivo no Main Event, o paraguaio Marcelo Filartiga, “inaugurou” a rodada de eliminações da mesa final. Sua queda deu-se em duas mãos contra Alex Gelinski. Na primeira, ele foi all-in 3-bet no flop JQ3 com QJ e recebeu call do paranaense, que apresentou KK. Um 8 no turn e outro no river decidiram o pote a favor do brasileiro.

Com apenas um big blind, Filartiga pagou o raise de Gelinski na mão seguinte segurando JJ, contra AT de espadas do brasuca. O bordou trouxe três cartas de espadas e o “gringo” despediu-se em nono lugar.

Em seguida vários all-ins pré-flop esquentaram mais a ação, porém não houve showdowns e o jogo seguiu em 8-handed até que Vinicius Teles, no cut off, mandou todas suas fichas para o centro da mesa com AJo e encontrou Caio Bento no button com AKo. Um K logo no flop decidiu a mão.

Minutos depois foi a vez de Rogério Dabdab cair na sétima colocação. Short stack, ele foi all-in com A5o e foi chamado por José Luis da Costa, que mostrou JJ e trincou no flop, garantindo a vitória.

Na sexta posição ficou Gelinski. Após raise de Sfalsin e call de Diogo Vasconcelos no pré-flop, o paranaense shovou seus 15 big blinds com JQo. Vasconcelos, com TT, pagou e fez um full house para eliminar Alex. O quinto lugar foi o próprio Diogo. Num flip de 33 contra AJo de José Luís, ele viu o flop trazer um J e deu adeus ao torneio.

O quarto colocado, Ramon Sfalsin, foi outra vítima de José Luís. Já com poucas fichas à sua frente, o capixaba mandou all-in do small blind com Q9o e recebeu call do maranhense, no big segurando A6s. O bordo não modificou o panorama e Sfalsin foi para casa.

A ação continuava a todo vapor. E em terceiro lugar ficou Galid Osman, que chegou a ter quase metade das fichas quando a FT estava 5-handed. Short stack após algumas fatiadas, a maior delas ao perder um set over set para José Luís, ele empurrou suas fichas com K7o e foi pago pelo próprio maranhense, que apresentou AQo – tanto o K quanto o A eram de ouros. O flop veio com três cartas de ouros, no turn apareceu mais uma e o maranhense, com flush maior, eliminou mais um jogador.

Estava formado o heads-up: José Luís Costa, 21.860.000 fichas, contra Caio Augusto Bento, 3.390.000 fichas.

Com ampla vantagem, o maranhense não demorou a definir o confrontou. Em all-in pré-flop, José Luís apresentou K6s e Caio, T8s. O turn até abriu uma possibilidade de flush para o paulista, não confirmada no river e aí foi só correr para o abraço.

“Joguei short stack quase o torneio inteiro. É uma emoção que não tem explicação. Estou muito feliz”, falou, logo após à conquista, em entrevista à TV Poker Pro.

O Main Event do BSOP São Paulo teve buy-in de R$2.200 e 981 jogadores inscritos. Confira a classificação final:

1 – José Luís Costa – R$377.600

2 – Caio Augusto Bento – R$241.400

3 – Galid Osman – R$168.100

4 – Ramon Sfalsin – R$128.800

5 – Diogo Vasconcelos – R$95.200

6 – Alex Gelinski – R$68.100

7 – Rogério Dabdab – R$52.100

8 – Vinicius Teles – R$36.900

9 – Marcelo Filartiga – R$27.600

(As informações são do SuperPoker.com)


1 pensou em “Maranhense vence etapa do Brasileiro de Poker e fatura quase R$ 380 mil

Os comentários estão fechados.