Governo intensifica lobby no TJ contra reajuste de 21,7% a servidores

dinoDepois de ser derrotado mais uma vez no Supremo Tribunal Federal (STF) – reveja -, o governo Flávio Dino (PCdoB) aposta suas fichas, agora, numa ação rescisória a ser julgada amanhã (3) no Tribunal de Justiça.

O processo será apreciado pelas Câmaras Cíveis Reunidas.

A ação foi ajuizada pela Procuradoria Geral do Estado (PGE) do Maranhão contra acórdão do TJ do Estado do Maranhão que reconheceu o direito dos servidores do Judiciário estadual, ocupantes dos cargos de nível médio e fundamental, de terem seus vencimentos corrigidos pelo índice de 21,7%, com efeitos retroativos a março de 2006.

É a mesma decisão já confirmada pelo STF.

Tentando uma reviravolta, Flávio Dino enviou emissários ao TJ, hoje (2), para visitar os desembargadores que julgarão o caso.

São eles: Jamil Gedeon, Cleones Cunha, Marcelino Ewerton, Lourival Serejo, Ricardo Duailibe, Paulo Velten e Luiz Gonzaga.


8 pensou em “Governo intensifica lobby no TJ contra reajuste de 21,7% a servidores

  1. Fui ver no dicionário o significado das palavras decepção e arrependimento e vi a foto de Flávio Dino lá. Não existem palavras para desqualificar um sujeito desses. Só onda, vive de mentir e iludir as pessoas e, ainda por cima, é arrogante acima da média. Mas 2018 está chegando. Aliás, próximo ano já tem eleição e quem ele apoiar não terá meu voto, como de muitos.

  2. Pingback: 21,7%: entidades repudiam “pressão indevida” do governo sobre o TJ | Gilberto Léda

  3. ESSE CARA É UM DESQUALIFICADO. PRECISAMOS FAZER ALGO CONTRA ESSES CORRUPTOS QUE SE INSTALARAM NO PALÁCIO DOS LEÕES.

  4. Assim que funciona no Brasil… Lobby… No Maranhão então nem se fala… Por que ele não pensa em retirar os benefícios excessivos das classes privilégiadas??? Ah!! Esses eles não se atrevem a retirar.. Só retiram do cidadão que trabalha noite e dia e, ainda, paga quase 70% de impostos para sustentar essa corja… Repúdio total… Fiquei sabendo que no Colégio Público Estadual foram suspensas a entrega de fardamento aos alunos e merenda escolar. No Colégio Público Municipal da Cohab os alunos merendam no chão.. Isso, talvez, explique o índice de aprovação de 74% da popularidade do governador, pois o povo parece que gosta de se submeter à chibata.

Os comentários estão fechados.