Gondim diz que auditoria do governo Flávio Dino contra Roseana é perseguição

gondimO ex-secretário de Gestão e Previdência do Maranhão Fábio Gondim – atual secretário de Saúde do Distrito Federal – classificou como “perseguição política” auditoria do governo Flávio Dino (PCdoB) contra a gestão da ex-governador Roseana Sarney (PMDB).

Segundo os comunistas, houve omissão de dados no Portal da Transparência na administração peemedebista.

Ex-consultor do Senado, ele afirmou que foi responsável pela instituição de vários sistemas de controle em todo o país e que seria um contrassenso ser acusado de omissão de gastos públicos. “Isso é uma verdadeira ‘caça às bruxas’ instituída pela atual gestão. Tudo não passa de perseguição política”, declarou.

“O que pode ter acontecido é que alguns gastos não foram disponibilizados antes de serem auditados. Mas mesmo assim, isso é apenas uma hipótese. Eventualmente pode até ter ocorrido falha ou omissão, o que sinceramente duvido. Mas, mesmo neste caso, não houve má-fé”, afirmou Gondim. Ele disse que encaminhou uma defesa prévia à Secretaria de Controle e Transparência do Maranhão.

(As informações são do Congresso em Foco)


8 pensou em “Gondim diz que auditoria do governo Flávio Dino contra Roseana é perseguição

  1. Esse discurso de “perseguição” é velho conhecido na cena política. Gondim pode ser honesto, mas ter sido consultor do Senado – uma casa que tem como presidente Renan Calheiros e que tb teve Sarney como presidente – não é nenhum atestado de idoneidade de ninguém.

  2. QUEM NÃO DEVE NÃO TEME, POR MAIOR QUE SEJA A PERSEGUIÇÃO, SE ELA NÃO FEZ NADA DE ERRADO, NÃO TEM PORQUE TEMER ALGO.

  3. Gilberto tù estais sabendo o que ele anda aprontando lá em Brasilia? A tua imparcialidade me espanta!

  4. O QUE ESSE MENTIROSO DO GONDIM SABER FAZER MUITO BEM E FILTRO, PARA ESCONDER OS RECURSOS PUBLICO.

  5. Pingback: Murad diz que comunistas usam governo para perseguir adversários | Gilberto Léda

Os comentários estão fechados.