Concurso para professores: governo prepara ataque contra o MP

11h45 – O Governo do Estado prepara para as próximas horas um contra-ataque após a recomendação do Ministério Público pela anulação do concurso para professor do Estado.

Na segunda-feira (22), os promotores Paulo Silvestre Avelar Silva (Defesa da Educação de São Luís) e João Leonardo Sousa Pires Leal (Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa) alegaram haver identificado pelo menos 25 questões plagiadas para sugerir a reaplicação das provas (reveja).

Mesmo assim, o governador Flávio Dino (PCdoB) homologou o resultado do certame (leia aqui).

Diante das críticas, a estratégia é desqualificar o MP.

E a missão ficou a cargo da Procuradoria-Geral do Estado (PGE). É de lá que têm partido informações para embasar a mídia ligada aos comunistas contra o Parquet.

Ainda nesta quarta-feira (24) deve surgir a informação de que também num concurso do MP do Maranhão já houve questões plagiadas – sem anulação das provas. Foram oito as questões.

É aguardar e conferir…


6 pensou em “Concurso para professores: governo prepara ataque contra o MP

  1. Na verdade o título dessa matéria devia ser: “E AGORA MP? CASA DE FERREIRO E ESPETO DE PAU” como fez o blog […]
    Até porque há um comentário no seu blog falando exatamente sobre o plágio no Concurso do MP e você agora diz que é o governo que prepara o contra-ataque, via Procuradoria.
    Acho que os advogados do estado estão muito ocupados pra se preocupá com isso.

    • Apresento-lhes Jorge Bernardo, o novo editor do blog. A partir de hoje é ele quem vai ditar os títulos para mim

      • É sobre essa mudança. Será que Jorge Bernardo vai continuar enviando mensagens para meu EMAIL?

  2. Gilberto essa historia esta igual a do PT, que não tem como justificar seus erros, ataca os outros partidos, Votei em Lula Achando que ele iria moralizar esse Pais. Votei em Flavio Dino Achando que tudo seria diferente, pelo visto continua a velha defesa dos políticos, sou desonesto, porém você também é, todos se acham no direito de errar porque seus antecessores sempre erraram, todos querem justificar seus erros com os erros dos outros, a realidade é que todos são farinha do mesmo saco

Os comentários estão fechados.