“Fiquei crescendo aquela raiva dentro de mim”, diz garota que matou a mãe

A menor acusada de matar a própria mãe no sábado (23), confessou hoje (25), o crime.

Em depoimento ainda em Santa Inês, logo após sua apreensão – junto com o namorado (reveja) – por homens da Polícia Militar, ela disse que já brigava com a Tatiana Cutrim há algum tempo.

“Eu comecei a sentir raiva dela desde um começo que a gente começou a brigar. Eu e ela a gente começou a discutir aí a gente ficou toda inimiga uma da outra. Aí a gente se trocava murrada e talz (sic), aí eu peguei e fiquei crescendo aquela raiva dentro de mim”, disse.

Segundo a menor, foi ela quem planejou o assassinato, contando com a ajuda do namorado para executar o plano. Ela deu detalhes do crime.

“Fui eu que planejei, aí ele só me ajudou a matar ela A gente deu duas facadas nela aí ela parou aí a gente ia enforcando ela e ela já tinha morrido”.

menor“Ninguém vai me achar”

Em conversa com um amigo, logo após o crime, o namorado da garota chegou a duvidar que alguém o achasse.

Ele conversou rapidamente com o amigo, e justificou o crime.

“Vey (sic) n!ao tive escolha, eu amava essa garota tive que fazer isso por ela”, afirmou, antes de emendar:

“Ninguém vai me achar”.

Acharam…


3 pensou em ““Fiquei crescendo aquela raiva dentro de mim”, diz garota que matou a mãe

  1. Por serem de menor daqui a três meses estarão soltos e com a ficha lima. Assim o Brasil tem orgulho de ter um moderno ECA.

  2. E como a lei do nosso país é benevolente com menores logo estarão nas ruas de ficha limpa pra matarem de novo se quiserem, e a avó da garota, mãe da vítima terá que visitar a filha morta no cemitério e conviver com essa perda irreparável.

  3. Essa peste já sentiu falta da cama dela nessas alturas, pois, os gritos de assassina que ouviu ao chegar na delegacia do Cohatrac (perto da ex casa) não é nem o começo do que vai enfrentar…
    A galera querendo fazer deles picadinho, quero ver até onde vai tanta frieza….

Os comentários estão fechados.