“Aluguéis camaradas” consumiram mais de R$ 600 mil em 2018

Os aluguéis de veículos e de aeronaves (reveja) não são os únicos que oneram o Estado do Maranhão e que, em tese, podem ser revistos na atual fase do governo Flávio Dino (PCdoB) em que se pretende cortar gastos.

Levantamento do Blog do Gilberto Léda aponta que os notórios “aluguéis camaradas” ainda consomem altas quantias do Governo do Estado.

Só em 2018, segundo dados do Portal da Transparência atualizados até o mês de novembro, já foram pagos R$ 618 mil nessa modalidade de contrato.

Foram R$ 420 mil à LDA Comércio, empresa do ramo de gêneros alimentícios – ligada à família Coutinho – que aluga um prédio na Rua das Cajazeiras para a Funac (saiba mais).

Mais R$ 108 mil ao comunista Jean Carlos Oliveira, que aluga, também para a Funac, um imóvel na Aurora (relembre o caso).

E outros R$ 90 mil para a Clínica Eldorado, onde hoje funciona o HTO – valor que deve estar desatualizado, uma vez que R$ 90 mil, de acordo com o contrato, de 2016, é quanto se deve pagar por um mês de aluguel.


3 pensou em ““Aluguéis camaradas” consumiram mais de R$ 600 mil em 2018

  1. Eu esperei algum candidato levantar esse bobagerol na campanha, mas ninguém quis se lascar debatendo algo tão e tão óbvio.

    • Realmente, esse tema e muitos outros, deixaram de ser abordados pela oposição na campanha como por exemplo o da Saúde. Não consigo entender o porquê.

  2. […], mais de 30, para criar a enorme rede de estimulo a conflitos e geração de reclamações do Brasil.
    O[…], agora deputado, criou riqueza estimulando o conflito, fechando empresas, ameaçando empresários com seu jeito tresloucado e com todo apoio de Flávio Dino, que ainda quer ver o capitalismo destruído.

Os comentários estão fechados.