VÍDEO! Exército já aplica novo asfalto na BR-135, no Campo de Perizes

Menos de duas semanas após terminar de se instalar definitivamente próximo a Bacabeira para começar os trabalhos (saiba mais), o 3° Batalhão de Engenharia de Construção (3º BEC) do Exército Brasileiro já mostra a que veio.

Nesta terça-feira (30), o Blog do Gilberto Léda recebeu um vídeo confirmando que a força de trabalho já finalizou as medições topográficas e iniciou a aplicação de novo pavimento.

O trecho, nas proximidades da entrada da Ilha de São Luís, já foi até duplicado e entregue anteriormente, mas o asfalto nunca teve qualidade adequada.

Veja abaixo o trabalho do Exército.


10 pensou em “VÍDEO! Exército já aplica novo asfalto na BR-135, no Campo de Perizes

  1. Em Perizes o DNIT gastou quase 500 milhões e, ficou uma porcaria.O exército chegou e em poucos dias mostra como se faz um serviço de qualidade.Que o DNIT agora responda ao TCU onde foram parar tantos milhões em serviços prolongados e de má qualidade.

  2. Engraçado, de São João dos Patos até Passagem Franca o exército está faz 03 anos Fazendo a obra de asfaltamento e não termina nunca a estrada. Incrível

    • A primeira vez que o exército tá fazendo estrada no Brasil desde o fim do regime Militar.
      Aqui no Maranhão, a BR 135 é a primeira a ser feita pelo exército.
      Essa de pastos bons deve ser DINÓQUIO SORVETAO que tá FAZENDO, pq ele nunca FEZ nada MESMO, talvez tenha se metido a fazer , já que ele se prontificou a ajudar BOLSONARO nas br’s, sabem do nós que as MA’s tão uma pista de rally.

  3. Muito engraçado mesmo. Esse trecho São João dos Patos Passagem Franca não é rodovia federal, por quê o Exército estaria trabalhando lá?

  4. Gostaria de saber a opinião de Flávio Dino. Infelizmente esse comunista faz de conta que tudo dê bom que Bolsonaro faz no Maranhão não tem nenhum valor. Quanta decepção termos um governador dessa espécie.

  5. Seja qual for o presidente, tem que criar vergonha e ajeitar todas as BR”s que cortam o Maranhão, todas em estado extremamente precário. Que não parem na BR-135, que arrumem a BR-222 e BR-316 também que estão em situação crítica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *