Lino Moreira diz que notícia sobre apoio a Flávio Dino na AML é ‘inverídica’

O economista Lino Moreira, membro da Academia Maranhense de Letras (AML), divulgou nos últimos dias um texto para contestar notícia do jornalista Pergentinho Holanda dando conta de um movimento forte entre os acadêmicos para convencer o governador Flávio Dino a entrar para a AML na vaga deixada pelo pai, Sálvio Dino (saiba mais).

Segundo ele, trata-se de informação “inverídica”.

Leia:

“Inverídica a notícia dada por Pergentino Holanda, colunista social social, de que haveria “um movimento forte entre os acadêmicos para convencer o governador Flávio Dino a entrar para a Academia Maranhense de Letras na vaga deixada pelo pai, Sálvio Dino”. Não é verdade. Escolha aleatoriamente um acadêmico e pergunte a ele.A AML, nos seus 112 de atividades, jamais convidou alguém para entrar para seu quadro de membros efetivos. Não seria agora que o faria.
Eleição consensual, muito menos. O movimento não alcançou “um significativo número de membros da Casa de Antônio Lobo”, pois não existiu. Ou, se existiu, alcançou um reduzido número de membros da Casa de Antônio Lobo. A fonte de Pergentino trocou as bolas. Criou uma fake.”


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *