Flávio Dino anuncia ‘revisão de alianças’ após derrota em SLZ

O governador Flávio Dino (PCdoB) anunciou há pouco, pelo Twitter, uma “revisão de alianças” com vistas às eleições de 2022.

Apesar de classificar o processo como “normal e democrático”, ele admite que as mudanças ocorrem em virtude do tensionamento das relações na sua base por conta do racha ocorrido no 2° turno da eleição em São Luís.

Na capital, Palácio dos Leões, PCdoB, PT e PSB marcharam com Duarte Jr. Já PDT, DEM e PTB aderiram a Eduardo Braide, em movimentos que antecipam o que pode ser a disputa pelo governo daqui a dois anos.

Como Dino não será mais candidato a governador, pois já é reeleito, há uma profusão de candiatos a sua cadeira no grupo governista.

Atualmente, admitem abertamente candidaturas ao governo o vice-governador, Carlos Brandão, o senador Weverton Rocha e o deputado federal Josimar de Maranhãozinho.

E é pensando nisso que Dino quer dar um “freio de arrumação” na sua gestão…


11 pensou em “Flávio Dino anuncia ‘revisão de alianças’ após derrota em SLZ

  1. Soberbo, um líder tem que ser respeitado e não temido. E esse pleito deixou bem claro que Flávio Dino não é um líder. Agiu de forma vergonhosa e nada democrática com quem não compartilha com suas ideias e pensamentos ditatoriais,. E que fique bem claro: quem decide quem ganha ou quem perde é o povo, esse sim, é soberano.

  2. Flávio Dino, está colhendo o que plantou. Pois é, vai ter que aguentar o que nunca quiz. Ouvir, ouvir! E o pior dos mundos ainda vai chegar. A incerteza, o desgaste e a dificil decisão. Presidente, vice, senador, dep. Federal ou nada!

  3. Bloco unico é ditadura. Em dois anos a renovaçao chegara de vez ao governo e à AL. Ou avançam com pautas de desenvolvimento ou serão expurgados. Chega de atraso. Foi preciso eleger um Bolsonaro pra levar água pro povo? É uma afronta, Marxistas safados.

  4. E ainda nem parabenizou o Eduardo Braide. Imaturo, infantil, despreparado politicamente. Ainda acha que é líder Mas em 2022 vamos ver se você ainda tem força, moral para continuar. Vamos ver se você vai mesmo se eleger senador. Você se esvaziou. Tá isolado. Não dá mais as cartas. Acabou pra você. Não passa de um mero governadorzinho em metade de mandato. Descartou aliado, desrespeitou aliado, desautorizou aliado. E agora taí: sendo ridicularizado em dia de eleição por quem se uniu e ficou muito mais forte. Isso significa que já era pra você.

  5. A disputa pelo cargo de Governador dentro do grupo foi tão insana q preferiram dar a eleição de prefeito a um outro grupo do que resolver internamente quem seria o candidato. Acho apropriado o governador rever com quem realmente faz parte do seu grupo político.

  6. Mesma conversa de comunista enganador: “alianças, diálogos, democracia ” e tudo mais de mentiras. É por isso que esses falsos não enganam mais ninguém. Xô dinóquio sorvetao!!!

  7. Pingback: Após derrota em São Luís, Flávio Dino começa a 'baixar a bola' - Gilberto Léda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *