Dino teme perder cargo e ficar inelegível após recursos do MDB ao TSE

Caiu como uma bomba no Palácio dos Leões a informação divulgada em primeira mão pelo Blog do Gilberto Léda, na semana passada, de que o ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Admar Gonzaga agora atua ao lado da advogada Anna Graziella Neiva nas ações de investigações judiciais eleitorais da “Farra dos Capelães” e do “Mais Asfalto” (saiba mais).

Os dois processos subiram à Corte Superior mais de um mês após o ajuizamento de recursos ordinários.

Pegos de surpresa com a informação – e temendo a cassação do governador pelo cometimento de diversos abusos nas eleições de 2018, além de sua declaração de inelegibilidade -, os comunistas já preparam uma nova narrativa.

Quer dizer, nem tão nova assim.

Sites e blogs ligados ao Palácio dos Leões passaram o dia de hoje, 23, acusando o MDB, autor das denúncias, de tentar vitória no tapetão e de trabalhar em Brasília pelo apoio do presidente Jair Bolsonaro pela derrubada do governador maranhense.

A tese de tapetão é absolutamente ridícula.

Caso haja a cassação de Dino, não assume a ex-governadora Roseana Sarney, que foi quem ficou em segundo lugar nas eleições de 2018. O poder, na verdade, passa às mãos do presidente da Assembleia, Othelino Neto (PCdoB).

Sobre o apoio de Bolsonaro, desnecessário dizer que o presidente da República já caiu em desgraça no TSE há tempos.

O fato é que as duas ações estão muito bem fundamentadas.

No caso do uso político-eleitoral do serviço de capelania, por exemplo, a denúncia é tão robusta que em meio ao debate do assunto, anda no Trbunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), a Procuradoria Regional Eleitoral no Maranhão (PRE-MA) acabou encaminhando expediente à Procuradoria-Geral da República (PGR) pedindo que fosse arguida a inconstitucionalidade de normas estaduais que garantiam a nomeação de capelães sem concurso público.

Após ação proposta pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, o ministro Nunes Marques suspendeu as nomeações de todos os capelães admitidos sem concurso público no Maranhão (saiba mais).

Já no caso do “Mais Asfalto” – também fartamente documentado – Dino foi acusado de haver utilizado o programa de asfaltamento de rodovias e vias urbanas para angariar apoio eleitoral no mesmo pleito.

E isso tem tirado o sono de comunistas…


10 pensou em “Dino teme perder cargo e ficar inelegível após recursos do MDB ao TSE

    • Parece que já são três ações eleitorais que chegaram ao TSE? Agora queremos só ver os comunistas aloprados dizerem que “é golpe” de Bolsonaro!

      Vale dizer que com somente uma ação que chegou ao TSE, o ex-governador Jackson Lago caiu. Mas hoje os tempos são outros!! Kkkkkk

  1. Se acontecer a cassação desse comunista maluco vai ser a melhor coisa do mundo para o Maranhão. Só não é melhor porque quem assume o governo é um outro comunista pau mandado de Flávio Dino.

  2. Agora q foram ver, todo ano é isso, põe um asfalto sorrizal nas ruas dos municípios uma semana antes da eleição e a justiça não faz nada. Inclusive já comercou novamente o asfalto sorrizal. KD o MP. É no Maranhão todo!!

  3. Gilberto e aquele processo em que Dino foi cassado pela Juíza de COROATA acusado de comenter os mesmos crimes eleitorais para eleger o prefeito na época, nunca chegou ao TSE?

  4. Flavio Dino quer trazer para o MA a política de José Dirceu? É o pior governo que o MA já teve. Segue a cartilha do PT. Esquerda que mantém o povo o cabresto. Não se elege.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *