Após citar Brandão despachado pelo PT, pedetistas admitem palanque duplo

Foi um tapa de luva de pelica nos pedetistas do Maranhão a agenda desta semana entre o governador Flávio Dino (PSB) e o ex-presidente Lula (PT).

Após o encontro, ficou ainda vez mais claro que o petista não tem interesse nenhum em rachar sua base no estado, aceitando sem problemas uma migração de Carlos Brandão do PSDB para o PSB como forma de o Partido dos Trabalhadores apoiar sua pré-candidatura.

Ato contínuo, o senador Weverton Rocha (PDT) correu para uma agenda com o ex-presidente também.

E, curiosamente, depois desse encontro, os mesmos pedetistas que cravavam apoio exclusivo do PT a Weverton – e anunciavam que Brandão já estava despachado pelo ex-presidente -, agora admitem um palanque duplo do petista no Maranhão.

Que coisa!


2 pensou em “Após citar Brandão despachado pelo PT, pedetistas admitem palanque duplo

  1. A tendência majoritária do PT,a CNB,estará com Weverton.Os minoritários Lobato e Chico Gonçalves,que não querem perder a boquinha,estarão com o preposto do FD,Brandão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.