Marcelo Tavares defende gastos com pessoal na gestão Flávio Dino

O secretario de Estado chefe da Casa Civil do Governo do Maranhão, Marcelo Tavares, defendeu na terça-feira, 20, em entrevista à Rádio Assembleia, a política de aumento de gastos com pessoal da gestão Flávio Dino (PCdoB).

O crescimento dessa despesa, segundo relatório da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) levou o Estado a ultrapassar  limite da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Segundo Tavares, o inchaço da máquina pública deve-se a investimentos na oferta de serviços públicos, o que não era feito no governo passado.

“No governo anterior, a governadora Roseana gastava menos com o funcionalismo público do Maranhão porque ela não investia absolutamente nada em segurança pública”, opinou o secretário. “São Luís era uma das cidades mais violentas do mundo”, completou.

“É possível fazer segurança pública sem policial? Como fazemos uma educação de qualidade sem contratar professores? Como se entrega novos hospitais regionais sem contratar profissionais?”, questionou.

Para o secretário, apesar dos números, a administração comunista no Maranhão é exitosa, o que levou o nome do governador a ser apontado como provável candidato a presidente.

“Hoje nós temos o nome do governador Flávio Dino colocado em nível nacional. É certamente o mais preparado ou um dos mais preparados nos quadros públicos da política brasileira para os próximos anos. Ele está apto para qualquer missão que a população lhe entregar nas eleições de 2022”, concluiu.

ENQUETE: você é contra ou a favor da criação do Maranhão do Sul?

Tramita no Senado projeto de decreto legislativo para a realização de plebiscito sobre a separação do Maranhão.

Se aprovada a proposta, e assim decidir a consulta popular, o estado seria dividido em dois, com a consequente criação do Maranhão do Sul.

O Blog do Gilberto Léda quer saber sua opinião:

Você é contra ou a favor da criação do Maranhão do Sul?

Veja o resultado

Carregando ... Carregando ...

Luiz Gonzaga, da PGJ, será ouvido a respeito de espionagem no MA

O procurador-geral de Justiça do Maranhão, Luiz Gonzaga Martins Coelho, será ouvido, em São Luís, pela Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados a respeito das denúncias de que o Sistema Segurança estadual foi usado para espionar políticos, magistrados e adversários do governo Flávio Dino (PCdoB) nos últimos anos.

A presença dos parlamentares integrantes do colegiado na capital maranhense foi aprovada a requerimento do deputado federal Aluisio Mendes.

Além de Gonzaga, serão novamente ouvidos o delegado Ney Anderson Gaspar e o ex-delegado Tiago Bardal, ambos autores das denúncias contra a SSP (saiba mais).

“Esse requerimento se faz em função de grave denúncia”, destacou Mendes ao defender seu pedido, destacando que o PGJ só abriu investigação sobre o caso após audiência da Comissão de Segurança com a participação de Gaspar e Bardal.

Braide no comando da Frente Parlamentar da Advocacia no MA

O deputado federal Eduardo Braide (PMN) foi escolhido, nesta terça-feira (20), como coordenador da Frente Parlamentar da Advocacia no Maranhão.  A indicação ocorreu durante o lançamento da frente, que conta com o apoio de 199 parlamentares.

“Como advogado, me sinto honrado em ter sido escolhido como coordenador da Frente Parlamentar da Advocacia no Maranhão. Procurarei estreitar o diálogo com a OAB-MA e demais entidades, para que juntos possamos fortalecer esse tão importante ofício”, destacou Braide.

A Frente Parlamentar da Advocacia, que tem como presidente o deputado Fábio Trad (PSD-MS), irá acompanhar e apoiar a atuação dos advogados no país.

“A medida foi uma reivindicação do Colégio de Presidentes de Seccionais da OAB neste ano. O nosso papel no Maranhão, será reforçar o trabalho da seccional da ordem, buscando aperfeiçoar a legislação relacionada à carreira e suas atribuições”, finalizou Eduardo Braide.

Pedro Lucas posiciona-se contra volta da CPMF

Do blog do Jorge Aragão

Nesta terça-feira (20), o jornal O Estado de São Paulo fez uma ampla reportagem sobre o posicionamento dos líderes na Câmara Federal diante de uma eventual volta da CPMF.

Mesmo modificando o nome para um novo imposto, a proposta não agrada 15 dos 30 líderes de partidos, incluindo os partidos do chamado Centrão (bloco independente do governo). Ao todo, esses líderes representam 65% da Câmara.

Entre os ouvidos pela reportagem está o maranhense Pedro Lucas. Para o líder do PTB, Pedro Lucas Fernandes, essa não é a saída para a simplificação tributária, e há outros pontos a se avançar na reforma.

E assim o parlamentar segue votando de acordo com sua consciência e independência, pois já votou favoravelmente ao Governo Bolsonaro, mas mostra que está preparado para votar contrário, se entender que a proposta prejudicará a população brasileira.

Amazônia e Bolsonaro são destaques em podcast de Othelino

O desmatamento na Amazônia, além das novas declarações do presidente da República, Jair Bolsonaro, em ataque a políticos opositores, foram alguns dos pontos destacados pelo presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), na terceira edição do podcast “Diálogo com Othelino”, divulgado nesta segunda-feira (19).

Othelino comentou o que classificou como um retrocesso grave do governo federal em relação à questão ambiental, com o aumento de 66% na área desmatada da Amazônia, além da perda de investimentos estrangeiros para a preservação da região.

“Os órgãos de fiscalização estão sendo desarticulados, havendo uma necessidade urgente de que todos os agentes políticos, no Congresso Brasileiro, e a sociedade pressionam para que o Brasil não promova um grave retrocesso no que diz respeito às políticas ambientais”, pontuou.

Sobre a recente declaração do presidente Jair Bolsonaro, que, em visita ao Nordeste, referiu-se aos comunistas como “cocô do Brasil”, Othelino Neto afirmou que o presidente da República tem muita dificuldade em conviver com as diferenças.

“Torço para que o presidente repense determinados conceitos, que ele seja um instrumento de construção da pacificação nacional, e não que a cada pronunciamento agrida o povo brasileiro e aqueles que não concordam com aquilo que faz e diz”, completou.

Ainda no podcast, Othelino falou sobre a reação positiva do Maranhão diante do atual cenário de retração econômica, com a diminuição do número de desocupados em relação aos outros estados da federação. O presidente da Alema destacou, também, a recente homenagem da Assembleia Legislativa ao juiz federal Roberto Veloso, condecorado com a Medalha Manuel Beckman, maior honraria concedida pelo Legislativo maranhense.

O podcast “Diálogo com Othelino” pode ser ouvido a qualquer hora e lugar – no computador, smartphone ou em outro aparelho com conexão à internet. Para ouvir, é necessário baixar o aplicativo Spotify ou o Soundcloud. Depois, basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. O programa também estará disponível nas redes sociais do presidente (Youtube, Instagram, Facebook e Twitter).

URGENTE! Família busca idosa de 79 anos desaparecida

NOTA DE DESAPARECIMENTO

A senhora Maria Neuza soares, de 79 anos, está desaparecida desde às 15h10 desta terça-feira (20). Moradora do Ipem São Cristóvão, a idosa Maria Neuza tem Alzheimer e mora na Rua 38 Quadra 41 Casa 1. Quem tiver informações, por favor, entrar em contato URGENTE. Familiares estão desesperados com o desaparecimento de Maria Neuza. URGENTE! Moradores da área do Ipem São Cristóvão.

Em tempo: a idosa foi encontrada na noite desta terça-feira (20), nas proximidades do aeroporto de São Luís.

Almirantes receberão medalhas em São Luís

Vice-almirante Antonio Carlos Soares Guerreiro

O almirante de esquadra Almir Garnier Santos e o vice-almirante Antonio Carlos Soares Guerreiro serão homenageados nesta semana pela Assembleia Legislativa do Maranhão.

Eles receberão, na quinta-feira (22), Medalhas de Mérito Legislativo “Manuel Beckman”, a mais alta honraria do Legislativo maranhense.

A homenagem é fruto de proposições dos deputados César Pires (PV) e Vinícius Louro (PL).

Almir Garnier atualomente ocupa o posto de secretário-geral do Ministério da Defesa. Antonio Carlos Soares Guerreiro é atual diretor-presidente da Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A. (Amazul), estatal constituída em 2013 com o objetivo de absorver, promover, desenvolver, transferir e manter atividades sensíveis às atividades do Programa Nuclear da Marinha (PNM), do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB) e do Programa Nuclear Brasileiro (PNB).

STF nega recurso da AGU e mantém decisão sobre linha de crédito para precatórios no MA

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou um recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) contra decisão dele próprio que determinou a abertura de uma linha de crédito de até R$ 623,5 milhões para o pagamento de precatórios para o Estado do Maranhão (saiba mais).

O magistrado havia deferido em junho liminar em mandado de segurança impetrado pelo Governo do Maranhão e determinado à União que disponibilize a linha de crédito específica.

O pedido foi feito após a aprovação de um projeto de lei de autoria do Poder Executivo que autoriza a contração do empréstimo de R$ 623 milhões para o pagamento dessas dívidas precatórios (reveja).

Como não existe linha de crédito específica, o Estado recorreu ao STF.

O Estado da Bahia já fez um pedido igual (saiba mais), e o ministro Luís Roberto Barroso, do mesmo STF, negou liminar.

Bolsonaro comemora fim de sequestro no RJ: ‘Criminoso neutralizado’

O presidente da República, Jair Bolsonaro, e dois de seus filhos comemoraram nas redes sociais o desfecho do sequestro de um ônibus na Ponte Rio-Niterói na manhã desta terça-feira, 20.

O sequestrador foi morto por um tiro de sniper quando estava próximo à porta do veículo e os 37 reféns foram liberados ilesos. “Criminoso neutralizado e nenhum refém ferido. Hoje não chora a família de um inocente”, escreveu o presidente no Twitter.