Governo do MA romperá contrato com empresa de ferry-boat do Pará

O presidente da Agência de Mobilidade Urbana (MOB) do Governo do Maranhão, Celso Borgneth, anunciou hoje, 20, em entrevista ao Imirante, que romperá o contrato oriundos da licitação para o serviço de travessia via ferry-boat na Baía de São Marcos com a Celte Navegação, do Pará.

O certame foi encerrado no fim do ano passado, com a contratação da empresa (saiba mais), que ainda não disponibilizou nenhuma embarcação.

“Todo este processo [de rompimento de contratos] deverá ser concluído até o fim do ano ou início do próximo”, afirmou o presidente da MOB.

Com isso, um novo procedimento deve ser aberto para a entrada de uma segunda empresa no serviço.

Luciano Hang, o ‘Véio da Havan’, processa Márcio Jerry

O empresário Luciano Hang, popularmente conhecido como “Véio da Havan” decidiu processar o deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) por difamação.

A informação foi confirmada pelo próprio comunista, nas redes sociais, na noite de quinta-feira, 19.

Jerry e Hang protagonizaram um debate público em julho do ano passado.

Em meio ao debate sobre a instalação de uma réplica da Estátua da Liberdade no pátio da loja da Havan em São Luís, o então secretário de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano referiu-se ao empresário como “imbecil”.

“Só um imbecil absoluto como esse tal de veio da Havan para querer instalar na histórica e bela São Luís uma réplica da Estátua da Liberdade. A Ilha Rebelde não aceitará a estupidez cafona”, afirmou (reveja).

Também na redes, Hang rebateu as críticas do então secretário de Estado. “Infelizmente, não me surpreende esse tipo de posicionamento vindo de alguns políticos, que são contra a liberdade, o emprego, a economia e o desenvolvimento. Mas, estou muito feliz com a receptividade dos ludovicenses”, disse.

Após a instalação da estátua, ele debochou do parlamentar (relembre).

Governo e Prefeitura fecham parceria por segurança em ônibus de SLZ

Imirante

Uma reunião realizada na noite desta quinta-feira (19) marcou o início de uma parceria entre o Governo do Maranhão e a Prefeitura de São Luís pela definição de estratégias de segurança para combater a recente onda de violência no transporte público da capital maranhense.

O encontro ocorreu na sede da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), e contou com a participação do titular da pasta, coronel Sílvio Leite; do secretário de Segurança com Cidadania da capital, Marcos Affonso; e do secretário municipal de Trânsito e Transportes, Diego Baluz.

Segundo o prefeito Eduardo Braide (sem partido), o encontro definiu ações “para garantir ações imediatas em relação à segurança no sistema de transporte público”.

Foram elas:

– A SMTT informará ao Estado as rotas de ônibus com maior índice de assaltos;
– A Polícia Militar intensificará as operações de fiscalização nos ônibus;
– A Polícia Civil vai agilizar as investigações dos casos ocorridos;
– E a SEMUSC dobrará o efetivo da Guarda Municipal nos terminais de integração.

“Buscaremos todas as medidas necessárias para garantir a segurança de trabalhadores e passageiros em nossa cidade”, afirmou o gestor da capital.

Operação Catraca é intensificada para coibir assaltos a coletivos em SLZ

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) intensificou as ações diárias em combate a assaltos a ônibus na Região Metropolitana de São Luís. Segundo a corporação, todos os batalhões operacionais da Polícia Militar (PM) estão realizando “policiamento ostensivo por meio de viaturas, motocicletas, a cavalo e a pé”, com destaque para a Operação Catraca, especificamente voltada para enfrentar crimes em coletivos.

O aposentado Tenaque Silva estava em um ônibus vistoriado nesta quinta-feira (19) pela Operação Catraca e aprovou a ação. “É bom porque se tiver ameaça de assalto [no ônibus] eles pegam”, disse.

O objetivo da ação é coibir delitos, apreender armas de fogo e identificar foragidos. De acordo com o tenente-coronel da PM, Cláudio André, a Operação Catraca é uma ação de rotina, diurna, com abordagem pessoal no interior de coletivos, vans e demais veículos de passeio que fazem transporte público na Grande Ilha.

“O objetivo é proporcionar mais segurança aos usuários de transporte coletivo, vans, transporte alternativo, por meio de abordagens. Essa operação é desenvolvida em toda a Região Metropolitana. É realizada manhã, tarde e noite, diuturnamente, visando proporcionar mais segurança para os usuários desse tipo de transporte”, frisou o militar.

O segurança Luciano Rodrigues também passou por uma abordagem policial e defende a Operação. “É bom demais. Diminui assalto dentro dos coletivos”, afirmou.

Além das ações nos principais corredores de segurança da capital (BRs, MAs, avenidas e ruas), policiais militares realizam incursões nos bairros, inibindo assim ações criminosas. Para dar maior celeridade no atendimento das ocorrências e consequentemente atender com maior presteza à comunidade, a PMMA conta com o videomonitoramento do Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS) e do apoio do Centro Tático Aéreo (CTA).

Zé Francisco realiza partos de emergência durante plantão no HGM de Codó

O prefeito de Codó, Dr. Zé Francisco (PSD), que também é médico, resolveu colocar os conhecimentos em prática e realizou diversos atendimentos às gestantes com partos cesáreos e normais nesta quarta-feira, 18, no Hospital Geral Municipal – HGM. Conhecido como “médico amigo”, Zé Francisco é considerado um dos maiores clínico geral de referência na região dos cocais.

”É sempre prazer fazer aquilo que se gosta, principalmente quando é pro bem da população, estivemos de plantão no nosso HGM (Hospital Geral Municipal), onde realizamos vários partos, sendo vários normais e tivemos três cesarianas, além de consultar gestantes, fazendo o atendimento, com avaliações”, pontuou o prefeito.

Vereadores declaram apoio a pré-candidatura de Rogério Cafeteira

Mais quatro importantes reforços ao projeto rumo à Assembleia Legislativa, do pré-candidato a deputado estadual Rogério Cafeteira (Progressistas). Os vereadores de São Luís, Antônio Garcez (PTC), Fátima Araújo (PCdoB), Thyago Freitas (Democrata Cristão) e Beto Castro (Avante) vêm reforçar a base de apoio a Cafeteira na capital para as eleições deste ano.

Parlamentar experiente na política maranhense, Garcêz representa forte composição à base partidária do pré-candidato e soma na articulação das estratégias para a corrida eleitoral. O vereador pontuou sua opção pelo nome de Rogério Cafeteira. “É um homem de atuação firme, de compromisso com as demandas da população e que se mostrou um eficiente gestor quando esteve à frente da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer. Foram vários projetos executados em benefício dos jovens e população em geral, nos diferentes bairros da nossa capital e se estendendo ao municípios, levando ações do esporte à comunidades que nunca tinham tido a oportunidade desse acesso”, ressaltou.

O vereador Beto Castro reiterou a confiança no projeto de Cafeteira. “Por todos os esforços empreendidos pelo esporte no estado, avalio que na Assembleia Legislativa ele poderá fazer muito mais pela população ludovicense e pelos maranhenses”, pontuou.

Fatima Araújo se colocou à disposição do amigo. “Estamos aqui para contribuir com este projeto no qual acredito e sei que será vitorioso. Cafeteira é um homem íntegro, comprometido com o povo da São Luís e do Maranhão e ele demonstrou isso durante o tempo em que esteve coordenando o Esporte do estado”, ressaltou.

Para Thyago Freitas, “apoiar Rogério Cafeteira é dar uma chance de escolha ao Maranhão e oportunizar um trabalho não só pelo esporte, mas, também, pela saúde, educação, segurança e outras áreas de interesse popular que precisam ver sair do papel as demandas”.

Rogério Cafeteira agradeceu as adesão. “Mais um apoio importante para o nosso time. Agora, o amigo de fé, vereador Antônio Garcez, caminhará ao nosso lado. Estamos juntos pelo Maranhão. Da mesma forma, agradeço a confiança de Fátima Araújo, de Thyago Freitas e Beto Castro, amigos que estarão conosco nesta caminhada que, tenho fé, será de vitória ”, enfatizou o pré-candidato a deputado estadual.

Neto Evangelista pede nomeação de policiais militares

Por meio das redes sociais, o deputado estadual Neto Evangelista (União Brasil) voltou a cobrar do governo do Estado, a nomeação dos concursados do último concurso da Polícia.

“Eu insisto com o governo do estado que seja chamado os policiais do último concurso. Três assaltos em menos de 24 horas nos ônibus da cidade. É um absurdo. Já não basta a condição dos ônibus ainda ter essa insegurança é inadmissível”, cobrou o parlamentar em sua rede social.

Não é de hoje que Neto Evangelista chama a atenção sobre o índice crescente de violência e o clima de insegurança que vem se instaurando no estado. Em vídeo divulgado há três semanas ele também havia feito um alerta para chamar os concursados da polícia e intensificar o policiamento nas ruas.

“Estamos vivendo um clima sério de insegurança. E isso é real. A cada três horas é registrado um caso novo de violência no Maranhão e são de vários tipos, desde violência contra as mulheres até assassinatos de policiais. Precisa intensificar a presença da polícia nas ruas. O governo tem que chamar os concursados da polícia”, disse Neto.

URGENTE! Passageiro é baleado e morre em novo assalto a ônibus em SLZ

Um quarto assalto a ônibus foi registrado na Região Metropolitana de São Luís nas últimas 24 horas.

Segundo a repórter Alessandra Rodrigues, da Mirante AM, um passageiro do veículo que faz linha para o Coqueiro, zona rural da capital maranhense, foi alvejado por um tiro, aparentemente ao reagir à tentativa criminosa.

Ele foi encaminhado à UPA do Maracanã, mas não resistiu e morreu.

A vítima, identificada como Wellington Rosa da Silva, tinha 39 anos, e foi atingida na região do abdômen, no momento em que o coletivo passava pelo bairro Pedrinhas.

Ele era funcionário do Grupo Mateus.

Governo federal assina portaria para assumir MA-006

Imirante

Foi assinada no Ministério da Infraestrutura, em Brasília, a portaria que coloca na responsabilidade do governo federal a estrada estadual MA-006. Os trechos federalizados estão entre Balsas e Tasso Fragoso e equivalem a cerca de 140km. 

Os deputados federais do Maranhão Josimar PJ (PSD), Edilázio Júnior (PSD), Juscelino Filho (União) e Cléber Verde (Republicanos) e o senador Roberto Rocha (PTB) participaram a solenidade. 

A federalização foi comemorada pelo senador Roberto Rocha (PTB), um dos principais defensores da mudança de competência da via, considerada vital para o escoamento da produção do Sul do Maranhão.

“Nós estamos federalizando mas, ao mesmo tempo, eu coloquei recursos no orçamento para poder fazer a construção e manutenção dessa rodovia, que será iniciada, em breve, pelo Exército Brasileiro”, destacou.

A autorização para a federalização foi dada pela Assembleia Legislativa do Maranhão em setembro de 2021, e sancionada pelo Governado do Estado.

Com a transformação da MA 006 em rodovia federal, criam-se as condições de aplicação de recursos da União para recuperação da rodovia, que é corredor importante para o escoamento da produção de grãos do MATOPIBA para o Porto do Itaqui, em São Luís.

TCE proíbe pagamentos de Raposa a empresa alvo da PF em Santa Inês

Em decisão tomada pelo pleno do TCE-MA na sessão ordinária de quarta-feira, 18, foi aceita cautelar pleiteada pelo Ministério Público de Contas (MPC) para determinar ao município de Raposa-MA e à Secretaria Municipal de Saúde daquela cidade a suspensão de pagamentos à empresa Droga Rocha Distribuidora de Medicamentos Ltda.

O pedido de cautelar e consequente voto favorável levam em conta que essa empresa está sendo investigada como parte de uma organização criminosa e teve as contas bancárias bloqueadas e suspenso o direito de contratar com o Poder Público.

Essa suspensão decorre de processo criminal no qual foi identificado que a empresa representada é parte de uma organização criminosa que obtém contratos ilicitamente em municípios do Estado do Maranhão e, após ser contratada, declara fornecimento fictício de medicamentos ou superfatura o valor dos medicamentos fornecidos, utilizando parte dos valores recebidos para pagar propina aos gestores municipais, distribuindo, ainda, dinheiro para os integrantes da organização criminosa por meio de empresas de fachada controladas pelos envolvidos no esquema, e há indicativos de que as fraudes ocorram em outros municípios.

A mesma empresa já é investigada pela Polícia Federal por possíveis crimes na cidade de Santa Inês, por exemplo (saiba mais).

O voto do conselheiro Caldas Furtado também determinou que sejam ouvidos o Município de Raposa-MA, o Senhor Romilson Lopes Froes, Secretário Municipal de Saúde de Raposa-MA, e o representante da Droga Rocha Distribuidora de Medicamentos Ltda. no prazo de 15 dias. A mesma cautelar determina ainda a realização de inspeção in loco para fiscalizar a execução do contrato entre o municio e a distribuidora.

Em nota, a Prefeitura de Raposa nega irregularidade. No comunicado, informou que a Droga Rocha venceu nove lotes de uma licitação de mais de 250 e que, dos mais de R$ 200 mil em medicamentos contratados, foram pagos efetivamente pouco mais de R$ 80 mil.