E quem depredou o Palácio dos Leões e o carro da TV Mirante?

Vidros quebrados na sede da Prefeitura (Foto: Teresa Dias/G1)

Vidros de janelas quebrados na sede da Prefeitura (Foto: Teresa Dias/G1)

A turma ligada ao PCdoB não tem qualquer constrangimento em afirmar: foi a Juventude do PMDB quem iniciou os atos de vandalismo que culminaram com a depredação da sede da Prefeitura de São Luís. Ainda ontem à noite (19), por exemplo, o secretário de Comunicação do Município, Márcio Jerry (PCdoB), garantiu ao titular deste blog que hoje (20) apresentaria imagens que comprovariam as ilações. Até agora nada.

O fato, meus caros, é que, mais uma vez, a discussão política no estado fica resumida à dicotomia Sarney x Anti-Sarney. O que é péssimo.

Mesmo num movimento apartidário e legitimamente nascido dos anseios do cidadão comum, há quem, para defender interesses tacanhos de legendas – e decorre disso, também, o desprestígio delas (veja post abaixo) -, reforce um debate que, de fato, não existiu nas manifestações do #vemprarua.

Senão vejamos: admitindo-se que foram membros do PMDB quem depredou a Prefeitura, a quem se poderia atribuir, então, a tentativa de invasão e a depredação do Palácio dos Leões? Ao mesmo PMDB, partido da governadora Roseana Sarney?

Palácio dos Leões também foi alvo de vândalos (Foto: Teresa Dias/G1)

Palácio dos Leões também foi alvo da ação de vândalos (Foto: Teresa Dias/G1)

E mais: quem destruiu um carro da TV Mirante foram os mesmos peemedebistas?

Claro que não.

A verdade, meus caros, é que, como em todo o Brasil, houve aqui em São Luís vândalos, baderneiros, arruaceiros, misturados ao movimento. Havia também batedores de carteira, gente que foi pra lá apenas para consumir bebidas e drogas, desocupados em geral e, sim, militantes de vários partidos políticos – além do PMDB, o blog já identificou nas imagens gente do PDT, do PCdoB e do PSB.

Eles eram minoria, felizmente, mas o estrago que fizeram acaba manchando um movimento pacífico que já marcou a história política do Maranhão. E o oportunismo político-partidário só faz piorar a imagem ruim que até formadores de opinião têm das manifestações.

Oportunismo

O discurso de que o quebra-quebra na Prefeitura de São Luís partiu de jovens ligados ao PMDB não passa de oportunismo da comunicação municipal para tentar minimizar o fato de que, há apenas seis meses no comando local, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) já sofre certo desgaste.

A Polícia Militar chegou a cercar, por conta própria, o Palácio de La Ravardère com as mesmas grades que fizeram a proteção do Palácio dos Leões. O prefeito mandou retirar. A estratégia era mostrar que se estava “aberto ao diálogo” e que apenas o Governo do Estado temia a manifestação.

Ocorre que os manifestantes que realmente cobram melhorias, fazem não mais que isso: cobrar. E cobraram tanto do Governo, quanto da Prefeitura – mais do primeiro, sem dúvidas.

A quebradeira, no entanto, partiu de vândalos, que escolheram a Prefeitura justamente por ser o alvo mais fácil. Nada além disso.

Houvesse agido o prefeito com o mínimo de bom-senso, teria evitado tamanho dano ao patrimônio público, que só não foi maior porque, mesmo dispensados por Edivaldo Júnior, os homens da Polícia Militar que faziam a segurança da sede do Governo também agiram para proteger o La Ravardière.

E agora, para escamotear o desgaste do prefeito e a falta de habilidade administrativa para conduzir este caso específico, tentam culpar quem não tem nada que ver com a história.


20 ideias sobre “E quem depredou o Palácio dos Leões e o carro da TV Mirante?

  1. Cara, lamentável esse “jogo de empurra” que o pessoal da oposição quer fazer. Eu tenho minhas ressalvas em relação à cobertura da Mirante, mas essa de querer dizer que o outro lado (oposição) só foi alvo porque foi “orquestrado” é babaquice desse povo.

  2. Meu caro Gilberto!O POVÃO,não?Você acha que o POVÃO indo as RUAS,
    cantando AVE MARIA( LADAINHAS ),e pedindo a RENÚNCIA de todos que
    estão no PODER e ELEIÇÕES GERAIS ,já,quem sabe,assim,daremos
    um basta em todas as BANDALHEIRAS,CORRUPÇÃO e MAZELAS que
    tanto sufoco o POVO;os POLÍTICOS vão dizer,AMEM e comecem a deixar
    seus CARGOS e MAMATAS?Tá bom,vai acreditando em PAPAI NOEL e
    tudo vai melhorar,tá?O POVO do MA,está a quase CINQUENTA ANOS a
    espera dessa melhora.

  3. Gilberto, todo mundo sabe que tu trabalha pra TV Mirante, então meu amigo, não te faz idiota e aceita a realidade.

      • E o que isso tem a ver? A realidade é a seguinte: Já são 50 anos de Oligarquia Sarney no Maranhão. Essa família tem tentáculos em todos os órgãos públicos Federais, Estaduais e Municipais. Existe um monopólio de famílias, em sua maior parte, em São Luís, que ficaram ricos as custas da família Sarney. Ai você vem me falar de oportunismo de Edivaldo Holanda(Prefeito) e dizer que a Governadora por livre e espontânea vontade mandou cercar o entorno do Palácio da Prefeitura. É verdade quando você fala que a Gestão Municipal também foi cobrada, mas o centro das atenções das manifestações, são vocês e toda a Família Sarney. Gestão miserável e tendenciosa…

      • kkkkkkkkkkkkkkkkkk. Ora, caramba. Todo mundo sabe que você trabalha na mirante e por isso não pode mais exercer sua profissão. Esse povo sai com cada uma

  4. Lamentável são os milhões roubados pela família Sarney durante décadas, é o povo miserável do pior estado desse país, é castigar professores, policiais e demais servidores. Isso é lamentável. A TV MIRANTE e todo o grupo de comunicação da família Sarney surgiu de forma irregular, com uma concessão imoral. Você como repórter é que é lamentável, por ter a coragem de defender essa família monstruosa e tomar partido de situações politicas para beneficiar um grupo. Você e vários blogueiros e jornalistas desse estado que tem os piores políticos que já vi. Por fim, sou contra depredação de patrimônio publico, mas acho uma boa ideia pichar e quebrar patrimônios da TV MIRANTE, pois assim a família Sarney vai gastar o dinheiro usurpado do povo consertando essa bosta de TV que diz fazer jornalismo, pelo menos vai gerar emprego.

  5. COM TANTO DINHEIRO QUE O SISTEMA MENTIRA PEGA DESSE GOVERNO ESSE CARRINHO NÃO É NADA, É SÓ FAZER OUTRA MANOBRA PEGAR MAIS 5 MILHÕES E A VIDA CONTINUA.

  6. ADVINHA???? DEVE TER SIDO ALGUNS VAGABUNDOS QUE ESTAVAM ENCHENDO A CARA DE CACHAÇA PRA VIRA HOMEM. OBS… HOMEM VAGABUNDO. HJ PELA MANHÁ QUANDO EU PASSEI NA FRENTE DO PALACIO ERA QUE MAIS TINHA ERA GARRAFA DE VODKA E CACHAÇA.

  7. O povo já está cansado essa que é a verdade, não fui a manifestação, pois trabalho pela noite, mas pelos relatos de amigos, fotos nas redes sociais, e as principais hashtags do facebook, na grande maioria foram protestar contra a oligarquia.

  8. Com Esses comentarioS A Dita Oposição Só Demonstra Seu Receio E Medo E Agora QuerrM Tirar Proveito Da Situação Concordo Sim Com O Leda.

  9. O povo maranhense não tolera mais as mazelas sofridas por cada cidadão maranhense, vivemos em um estado onde ainda prevalece o que um Srº por nome José Sarney faz o que quer, vivemos assolados por pobreza, falta de educação, falta de saúde, falta de saneamento básico dentre outras coisas básicas para um mínimo de decência na vida. Realmente não da para ser tolerado o vandalismo, arruaceiros, gangs, é justo que pessoas APARTIDÁRIAS e que não suportam mais estejam de “saco cheio” de toda essa política imunda em que vivemos, o Sr José Sarney é um câncer, sua filha e os demais membros do seu governo são a metástase que esse tumor disseminou-se em nosso estado. O Sr Jornalista talvez não conheça a real necessidade do povo, estudou em boas escolas, cursou uma universidade, e os que não tiveram oportunidades, e os que morrem todos os dias por falta do básico? O Sr Gilberto Léda conhece bem o estado em que vive? Creio que não. O Maranhão quer solução e o que anima e deixa o cidadão feliz é que o Sr Sarney não é imortal, um dia ele vai dessa pra melhor. Outro absurdo é o que o Dep Lourival fez, PEC 37, um retrógrado e isso jamais será aprovado pela Presidenta. Queremos políticos comprometidos e não saqueadores e acredito que todos os Deputados do Maranhão deveriam ser trocados, afinal, nenhum presta.

  10. O prefeito estava dentro da prefeitura no momento das depredações se ele negar agente manda o video gravado pelos guardas

  11. Vejo muitas ações amadoras de pessoas que militam em partidos políticos. Participar das manifestações é natural, somos todos cidadãos brasileiros cansados de tantos desmandos. Mas só porque é militante de partido A, B ou C não tem que ir pra linha de frente com ações impulsionadas pelo calor da manifestação, porque acaba atrapalhando a credibilidade do movimento. Vale refletir que o movimento vem da causa popular e está hostilizando a classe politica, então é preciso ser inteligente para analisar-se a conjuntura e ter cautela nesse momento.

    Isso me faz lembrar dos movimentos estudantis em plena eleição de 2006, que estavam sendo dirigidos por estudantes comuns que jamais haviam militado num movimento estudantil e/ou partido politico, a exemplo do Movimento “Sou estudante nela, não”. E eu fui acompanhar de perto. Assisti as reuniões e com cautela, até dei algumas sugestões mas com o intuito de não descaracterizar o movimento ou seja não partidarizar o movimento que era puro e sem vícios. Até evitei atitudes de quem queria intervir, sendo esses pessoas militantes tanto partidários como estudantis. E olha que eu na época, dirigente da JS/PDT em plena eleição, poderia ter todas as razões do mundo para ficar na frente com a turma. Mas fui coerente pois o que via era a credibilidade de um movimento popular, não partidário.

    O jogo partidário do empurra empurra deve ser freado, essas manifestações não nasceram nos fundos partidários nasceram do ir para as ruas e da força das redes sociais. Há hostilização dos políticos diante do descrédito da classe e das muitas denúncias de corrupção, País a fora.

Os comentários estão fechados.