“Não tenho obrigação de informar”, diz Arnaldo Melo sobre fechamento da AL

Do blog do Jorge Aragão

O presidente da Assembléia Legislativa, deputado Arnaldo Melo (PMDB), disse, há pouco, que não tinha obrigação de informar os deputados de Oposição sobre sua decisão de parar os trabalhos da Casa enquanto os militares grevistas estiverem acampados na sede do Legislativo.

“Não tenho obrigação de informar ninguém. Cada deputado tem que saber o funcionamento da sua Casa”, declarou, após o líder da Oposição, deputado Marcelo Tavares (PSB), ter arrombado a porta de acessoa ao plenário para que ele, mais sete deputados, abrissem a sessão, conforme revelou o blog do Gilberto Léda (veja post abaixo).

_________________________Leia mais

Oposição abre sessão, mas é boicotada; Tavares arromba porta do plenário

Ainda segundo Melo, a decisão de suspender as atividade deu-se como medida de segurança.

“Não tem condições administrativas. Com esse número de pessoas aqui dentro criou-se um ambiente de insegurança. Então, nós da Mesa [Diretora] decidimos não fazer sessão enquanto durar essa situação”, finalizou.


4 pensou em ““Não tenho obrigação de informar”, diz Arnaldo Melo sobre fechamento da AL

  1. Por orientação do governo, o presidente da Assembleia legislativa, Arnaldo Melo, está boicotando as sessões, no intuito de criar um imbróglio, ou melhor, criar argumentos para uma intervenção federal solicitada pelo governo . Cuidado grevistas, o governo quer dá um golpe baixo…

  2. Esse Arnaldo Melo está ficando descontrolado, não sabe o que faz, e fica fazendo o jogo do Governo, isso é uma verdadeira molecagem.
    Os delegado ainda estão em greve esperando que a Assembleia vote a PEC enviada pelo Governo, e isso está é deixando o estado sem os 100% dos delegados, é isso que ele está querendo, ver o estado em situação mais grave do que está no momento.
    A Assembleia é importante neste momento para poder dá andamento nas negociações juntos aos grevista, e não é pedindo para cag… e sair deixando a Assembleia fechada, é uma absurdo, só no Maranhão, terrinha de muro baixo.

Os comentários estão fechados.