Roseana faz balanço positivo de viagem aos EUA

A governadora Roseana Sarney fez um balanço positivo da viagem aos Estados Unidos, onde, de domingo (8) a terça-feira (10) integrou a comitiva da presidenta Dilma Rousseff em compromissos nas cidades de Washington e Boston. A avaliação foi feita durante entrevista coletiva realizada na tarde desta quinta-feira (12), em seu gabinete, no Palácio dos Leões. Roseana Sarney destacou os contatos com o empresariado e com o mundo acadêmico internacional, ressaltando o incentivo ao programa Ciência Sem Fronteira.

Ela assinalou que teve a oportunidade de testemunhar o tratamento respeitoso dado ao Brasil, agora visto no nível dos países de primeiro mundo. “Os Estados Unidos respeitam muito os BRICs, que são os países emergentes que formam um grupo político de cooperação, incluindo Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Afinal, eles representam 56% do Produto Interno Bruto mundial”, disse a governadora.

Sobre a reunião com os empresários brasileiros e, depois, com os americanos, a governadora disse acreditar em excelentes parcerias. Roseana Sarney informou que a presidenta conversou com o empresariado do Brasil para poder complementar a pauta da reunião com o presidente americano, Barack Obama, ocorrido na segunda-feira (9). “As discussões avançaram para vários assuntos, como a questão da bitributação e das relações comerciais, o protecionismo, entre outras”, destacou a governadora, que mencionou o encontro com o presidente da Google, Larry Page, e com outros grandes empresários de diversas áreas.

Após o encontro com o empresariado internacional, a governadora Roseana Sarney afirmou que foi cumprimentada por quase todos os presentes. “Eles vinham até a mim e diziam: ‘Nós estamos lá no Maranhão’. Isso é muito bom para o estado, que hoje é reconhecido pelos investidores”, declarou. A governadora também revelou que a previsão anunciada de R$ 100 bilhões em investimentos no estado deverá ser ultrapassada. “Nos Estados Unidos, conversei com executivos, e alguns, inclusive, visam a expansão dos empreendimentos em execução”, disse.

Na área da educação, Roseana Sarney destacou o programa Ciência sem Fronteira, que concederá 101 mil bolsas de estudos no exterior. “Fiquei feliz por ter conhecido dois dos cinco maranhenses que já estão na primeira turma, um faz Engenharia Civil, em São Luís, e o outro cursa Engenharia Mecânica, em Balsas”, contou. Ela ressaltou ainda que trabalhará para que mais maranhenses sejam beneficiados pela iniciativa. “É preciso incentivar os jovens e a área de produção de conhecimento”, disse.

Outro ponto observado foi a visita ao Massachussetts Institute of Technology (MIT), referência em estudos e pesquisas no setor. “A partir do que vimos lá, vamos trabalhar mais projetos voltados para os jovens e o desenvolvimento deles. Por essa razão, quero trazer tecnologia de ponta para o Maranhão e vou trabalhar para isso, para que possamos montar um centro tecnológico de ponta aqui, em parceria com uma universidade de fora do Brasil”, afirmou a governadora.

O encontro com o maranhense Álvaro Lima, que é chefe de Urbanismo da Prefeitura de Boston, também durante visita ao MIT, foi ressaltado pela governadora Roseana. “Em uma de suas visitas ao Maranhão, ele levou um projeto para apresentação ao instituto e nós deveremos assinar um Termo de Cooperação com o MIT nas áreas de urbanismo até o mês de maio”, frisou.

Na entrevista, a governadora também falou sobre os projetos de governo com vistas a intensificar o combate à pobreza extrema e revelou que o Maranhão investirá R$ 500 milhões para esse fim. Os recursos são oriundos de parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). “Vamos desenvolver outras ações, além das que já estão em andamento no estado, pois essa é uma das metas do governo”, declarou.

O convite para integrar a comitiva, segundo a governadora, veio por ser ela mulher e ter uma história de vida e trabalho reconhecida pela presidenta Dilma. “Era um grupo paritário, com participação de homens e mulheres de destaque no país, mas que comprovou a força da mulher no momento que vive o país”, destacou Roseana Sarney, lembrando outras autoridades do sexo feminino, a exemplo da senadora Marta Suplicy e a ministra Gleisi Hoffmann (Casa Civil).


14 pensou em “Roseana faz balanço positivo de viagem aos EUA

      • OPINIÃO DA SUA GOVERNADORA:
        Roseana faz balanço de viagem aos Estados Unidos.
        Ela assinalou que teve a oportunidade de testemunhar o tratamento respeitoso dado ao Brasil, agora visto no nível dos países de primeiro mundo. “Os Estados Unidos respeitam muito os BRICs, que são os países emergentes que formam um grupo político de cooperação, incluindo Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

        OPINIÃO DO RESTO DO MUNDO:
        13/04/2012 – 09h29
        Brasil é pouco conhecido no governo dos EUA, diz ‘Economist’
        DA BBC BRASIL

        A “Economist” diz ainda que a cúpula da Casa Branca não confia totalmente no governo brasileiro devido ao fato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ter contrariado Washington ao não criticar supostos abusos de direitos humanos em Cuba e ter “minado” seus esforços para impor sanções ao Irã, devido ao seu programa nuclear.
        PENSE NUMA DESGOVERNADORA A-VO-A-DA!!!

  1. Não convenceu, muito fraca essa entrevista, passou quase 20 dias, Dilma só 2 dias oficial e participou desta pouca coisa, só faltou de dizer que falou com Barack depois da Dilma! … governadora Roseana Sarney afirmou que foi cumprimentada por quase todos os presentes. “Eles vinham até a mim e diziam: ‘Nós estamos lá no Maranhão’. Isso é muito bom para o estado, que hoje é reconhecido pelos investidores”, declarou. A governadora também… istoÉ papo furado, quem viu?
    Roseana é uma piado, até parece que fala sério, é uma mentirosa!!!.

  2. Por que o blogueiro foi buscar uma foto de 2008 e não uma da visita aos EUA? A única divulgada até agora foi a governadora recebendo a presidenta no aeroporto de Washintgon.

  3. cai na real governadora, não é isso que os ingleses pensam (guardiãn post), relatam que nunca viram um governanate ser tratado sem prestigio, como foi a dilma, fato confirmado pelos embaixadores amareicanos, sob desculpa que obama está em ano politico. sem agenda, nada do que é tratado é confirmado ou assinado, quer tirar duvidas? pergunte quantos acordos foram assinados, nenhum , a viagem foi só de cortesia, quanto aos demais paises do BRINC’S, exceto brasil, os demais não aceitam essa tipo de tratamento. esse comportamento de roseana parece o de noronha, “o que mais me chamou atenção é que todas as crianças falam inglês”.

  4. Só você mesmo Gilberto…… srrsrsrrsrrsrsrsrsrr
    Assim nos mata de rir!!!!!!!!!!!!!!!
    “Balanço positivo” signiica o que mesmo?????
    E o pior: positivo para quem????

  5. é de fazer vergonha a imprensa do nosso estado… fazer apologia a estes que estão no poder é triste! só recebendo muita grana mesmo…

    • Vergonha? E toda a pressão que fizemos para reduzir os salários dos deputados? saiba separar melhor a sua paixão política da percepção da realidade

Os comentários estão fechados.