Neto Evangelista pode tirar licença para ser opção a João Castelo

O deputado estadual Neto Evangelista (PSDB) está ultimando com a base do prefeito João Castelo (PSDB) o acordo que deve garantir a sua saída da Assembleia Legislativa por quatro meses.

Oficialmente, o tucano estuda tirar licença de 121 dias para tratar de assuntos particulares. Mas, nos bastidores, é voz corrente que ele deva ser indicado candidato a vice-prefeito na chapa do atual prefeito.

“Se realmente ocorrer [o pedido de licença], é pra agora”, disse ao blog o deputado.

O problema é que, para ser uma opção a Castelo, Neto acaba criando um problema e tanto para a administração tucana, já que o priemiro suplente da coligação é Edivaldo Holanda, pai do pré-candidato a prefeito Edivaldo Holanda Jr., ambos do PTC e atualmente entrincheirados na oposição.

Deve ser por isso que, após a sessão de hoje, Evangelista passou cerca de vinte minutos numa conversa reservada com o a deputada estadual Gardênia Castelo (PSDB).


2 pensou em “Neto Evangelista pode tirar licença para ser opção a João Castelo

Os comentários estão fechados.