Holandês assassinado dentro de embarcação em São Luís

Do Imirante.com

holandesUm holandês, identificado como Ronald François Wolbeek, 60 anos, foi morto com um tiro no peito na madrugada deste domingo (15), no litoral maranhense, nas proximidades do Iate Clube de São Luís.

Segundo informações preliminares da Companhia de Turismo Independente (CPTur), a vítima estava em companhia de sua mulher, Maria Rawie, 69 anos, em um veleiro turístico particular com bandeira da Holanda, desde às 17h desse sábado (14).

Segundo a mulher da vítima, por volta da 0h deste domingo (15), o alarme do barco disparou e Ronald foi verificar o que tinha acontecido, foi quando ele se depararou com duas pessoas a bordo de sua embarcação. Houve uma discussão, e um dos homens deu dois tiros, um dos disparos atingiu o peito de Ronald Wolbeek.

Ainda de acordo com Maria Rawie, ela chegou a limpar o ferimento de Ronald, mas quando percebeu que ele estava ofegante, ela pegou um bote salva-vidas e pulou na água. Como não tinha forças para remar até a praia, pois é uma idosa de 69 anos, Maria afirma que saltou do bote e veio nadando até a região do Iate Clube. Quando ela chegou em terra firme avistou um carro da CPTur, onde relatou o caso.

Maria informou, ainda, à polícia, que após o crime, os criminosos fugiram sem levar nada da embarcação. Tinha uma terceira pessoa esperando por eles em um pequeno barco a motor, em que fugiram.

Maria Rawie foi levada para o Plantão da Beira Mar, onde será ouvida. A polícia vai fazer o exame residuográfico para ver se há resíduo de pólvora nas mãos da mulher da vítima.

Segundo o major Roberto, comandante da CPTur, o casal estava no Brasil desde o dia 21 de dezembro. O barco, que foi um presente dos pais do holandês Ronald Wolbeek, estava margeando o litoral brasileiro. Eles estariam velejando por várias partes do mundo e, antes de chegar à São Luís, eles tinham passado por Fortaleza. O casal chegou à baía de São Marcos por volta das 17h desse sábado (14), mas não atracaram no cais.

A polícia maranhense vai buscar, das autoridades superiores, informações sobre a situação dos holandeses no país, e vai investigar se a versão da mulher da vítima é verdadeira e qual a origem dos criminosos.

Após a conclusão do boletim de ocorrência e do laudo pericial, a polícia do Maranhão vai informar a Polícia Federal e o consulado holandês, para que tomem as devidas providências.


1 pensou em “Holandês assassinado dentro de embarcação em São Luís

  1. Em Porto Franco (MA), Homem é Morto a Tiros em Confronto com a Polícia
    Data do post: 15/02/2015 06:25:08 – Visualizações: 1817 Imprimir

    O fazendeiro Helenês Sousa Pires de 36 anos, foi morto a tiros na tarde da ultima sexta feira (13), ao reagir à prisão.
    Foto DivulgaçãoSegundo informações havia um mandado contra Helenês e ao perceber a chegada da polícia na fazenda da família que fica localizada na região da Água Boa no município de Campestre do Maranhão (MA), Helenês tentou fugir, mas, teria reagido, e na troca de tiros acabou sendo alvejado e morto. A família nega que ele estivesse armado.
    Equipe do Serviço Móvel de Urgência foi até o local, mas a vítima já estava morta, o corpo foi levado para o Hospital de Porto Franco (MA) e depois seguiu para o Instituto Médico Legal em Imperatriz sendo liberado posteriormente para o velório.
    Outras duas pessoas que estavam na companhia dele, foram presas e levadas para a Delegacia Regional de Imperatriz.
    Ele era envolvido com “Assaltos de Caminhões de BOI”

Os comentários estão fechados.