Deputado diz que projeto de Dino depende da situação econômica

Antonio Pereira: campanha no interior

Antonio Pereira: economia influenciará

De O Estado

O deputado Antônio Pereira (DEM) declarou, ao participar da primeira reunião da Comissão de Assuntos Econômicos da Assembleia, que o sucesso do plano de desenvolvimento econômico do Maranhão – idealizado pelo governador Flávio Dino para beneficiar a população na saúde, educação e infraestrutura – depende da estabilidade econômica do Estado e da União.

Durante a reunião, Antônio Pereira debateu sobre planejamento para o desenvolvimento econômico do Maranhão. Na ocasião, o presidente da Comissão, deputado Adriano Sarney (PV), se colocou à disposição para promover debates com os segmentos da sociedade acerca do desenvolvimento regional do Maranhão.

A Comissão definiu que os primeiros debates serão realizados com prefeitos, vereadores, empresários e com a sociedade organizada na Baixada Maranhense. Antônio Pereira informou que a meta é discutir o desenvolvimento em todas as regionais. Ao cumprir a meta, a Comissão entregará um relatório ao governador.

Em pronunciamento na tribuna da Assembleia, Antônio Pereira ressaltou que, desde 1964, o Brasil foi o segundo país que mais incorporou pessoas ao mercado de trabalho (257%). Segundo ele, a previsão para os próximos 50 anos é de que o Brasil seja um dos países que menos vai incorporar pessoas ao mercado de trabalho.

Produtividade – Diante dessa realidade, o deputado Antônio Pereira sugeriu ao poder Executivo Estadual metas para incentivar a produtividade, porque o Brasil agora se encontra numa verdadeira encruzilhada, pois não tem mais pessoas para colocar no mercado de trabalho, na mesma quantidade dos outros anos.

O democrata prevê que sem grande produtividade, nos próximos 50 anos, o Brasil será um dos países que menos vai crescer economicamente. “Enfrentamos dificuldades momentâneas, mas no meio internacional acredita-se que é perfeitamente viável e o Brasil pode voltar a crescer e se desenvolver”, afirmou.


3 pensou em “Deputado diz que projeto de Dino depende da situação econômica

  1. Gilberto,
    Ter bons projetos para desenvolvimento do seu Estado é mais do que obrigação de seu governante. O que não se pode nem deve – nas atuais condições de penúria em que o PT deixou o país, literalmente quebrado, e cujo ajuste fiscal somos nós, brasileiros trabalhadores, que iremos pagar – é apresentar projetos mirabolantes sem a mínima condição de sair do papel, a exemplo da refinaria Premium I, em Bacabeira, que foi um grande estelionato eleitoral.

    Esse deputado está certo ao manifestar cautela, porque de nada adianta se querer implantar um projeto, sem que haja condições para isso. Na verdade, a recessão que já começou não vai sumir de uma outra pra outra. O povo ainda não tem a menor noção é de que a recessão, que já estamos enfrentando, vai rolar pelo menos pelos próximos 10 anos.

    Isto não é pessimismo, mas apenas uma pequena capacidade para enxergar o estrago que esse governo petista causou e continua causando ao país. Depois que esse reajuste fiscal for aprovado pelo Congresso e passar para a viabilização na prática, o povo vai pagar ainda mais caro, ao longo de muito tempo, pela incompetência do governo do PT.
    Fred Torremolinos

  2. Depende nada. Em menos de 100 dias Dino transformou o Maranhão no paraíso. Logo logo o “milagre” será estendido para o Brasil e, num segundo momento, para o mundo.

Os comentários estão fechados.