BNDES: Andrea Murad encaminha lista e cobra explicação sobre obras paradas

andreaApós as declarações do presidente do BNDES, Luciano Coutinho, e do próprio governo nos últimos dias, sobre as obras paralisadas no Maranhão, a deputada Andrea Murad encaminhou uma lista de obras executadas com recursos do BNDES e cobrou do governador Flávio Dino explicações sobre a suspensão das obras no Estado.

Em discurso hoje na Assembleia Legislativa, a deputada disse que nem o próprio governo conhece a realidade do que foi investido no Maranhão com os recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Social.

“Ele e Márcio Jerry estão impressionados com o número de 500, então que provem que não são 500 obras. Tanto que é todo mundo dizendo que, no município tal, a estrada está paralisada; em outro, o CRAS e assim por diante. O governador recebeu obras licitadas, recebeu obras com recursos garantidos e por nenhum motivo essas obras poderiam estar paralisadas. Total de obras: 685. E o levantamento que recebemos é que existem mais de 500 obras paralisadas. Então, que o Governador  prove, inclusive vou ter que dar a relação porque parece que ele não sabe, vejam só, o governador não sabe nem as obras que estão paralisadas, que ele mesmo mandou paralisar. E explicar por que paralisou, por que suspendeu obras e por que não está concluindo o que recebeu”, discursou.

Nas redes sociais, o governador considerou a denúncia um “disparate” e ainda disse desconhecer a existência de mais de 500 obras paradas, mesmo com o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, declarando que “o novo governo assumiu, fez um reavaliação, decidiu remanejar e replanejar”. A deputada demonstrou preocupação quanto ao grande número de obras suspensas, prejudicando o desenvolvimento do Estado.

“Eu quero saber se a adutora, que vai aliviar o sofrimento dos moradores de Miranda do Norte e Matões do Norte, se ele vai deixar paralisada a obra, porque o grande problema de Miranda do Norte é água. Esses hospitais ele já abandonou, várias escolas pelo Estado também, assim como vários CRAS, e ele acha que não tem obra paralisada. A verdade é que o seu ódio político está transformando o Maranhão em um cemitério de obras sem justificativa nenhuma”, disse ainda a deputada de oposição.

TOTAL DE OBRAS: 685

CAEMA 37

SES 45

FUNAC 8

SEDES 159

SSP 43

SEJAP 9

SINFRA 270

SEDUC 110

SEDINC 4


7 pensou em “BNDES: Andrea Murad encaminha lista e cobra explicação sobre obras paradas

  1. Estas da SEDES estão a maioria exatamente porque são em sua maioria absoluta “obras fantasmas” . Desde 2013 que foram denunciadas mas o Ministério Público não cumpriu o seu dever ao ser acionado.
    A resposta seria dada facilmente por quem as abandonou desde outubro de 2014.

  2. Q tal ela a Deputada granfina explicar ao povo maranhense onde foi parar os milhões desviados pelo seu pai quando Secretario de Saúde o Sr Ricardo Munrar, ou trupe safada curuzes.

  3. Deputada Andrea Murad, o governador Flávio Dino não decidiu paralisar a maioria dessas obras, na grande maioria não houve Ordem de Paralisação, eles foram parando por absoluta falta de pagamento, calote mesmo!

    Tem secretário aí que comete o desplante de dizer que o fato das obras serem do governo anterior, elas deveriam estar prontas e pagas. Um absurdo! Pra esse governo as empreiteiras deveriam estar trabalhando indefinidamente, até concluir as obras, sem receber as suas faturas! Uma afronta às cláusulas contratuais! Puro delírio!

    Veja que tempos nós chegamos neste Maranhão velho!!!

  4. Deputada Andrea Murad, o governador Flávio Dino não decidiu paralisar a maioria dessas obras, na grande maioria não houve Ordem de Paralisação, eles foram parando por absoluta falta de pagamento, calote mesmo!

    Tem secretário aí que comete o desplante de dizer que o fato das obras serem do governo anterior, elas deveriam estar prontas e pagas. Um absurdo! Pra esse governo as empreiteiras deveriam estar trabalhando indefinidamente, até concluir as obras, sem receber as suas faturas! Uma afronta às cláusulas contratuais! Puro delírio!

    Veja que tempos nós chegamos neste Maranhão velho!!!

  5. Deputada Andre Murad, o governador Flávio Dino não decidiu pela paralisação dessas obras, na grande maioria não houve Ordem de Paralisação. As obras foram parando por absoluta falta de pagamento, calote mesmo! Em verdade esse governo não tem noção de nada!

    Tem secretário aí que comete o desplante de dizer que o fato dessa obras serem contratadas pelo governo anterior, elas deveriam estar prontas e pagas! Brincadeira! Por isso que ele ainda quer se omitir de suas responsabilidades!

    Mais, pra esse governo as empresas deveriam estar trabalhando indefinidamente, até concluir as obras, mesmo sem estar recebendo nada a meses de suas faturas! Um absurdo! Coisa ditatorial! Uma afronta às cláusulas contratuais! E aos princípios constitucionais que norteiam os atos administrativos.

    Veja aonde viemos chegar nesse Maranhão velho!

  6. Essa deputada é porreta! Eu a amo.

    Enquanto isso, a farra continua solta na SECMA. Já vão fazer três meses e o São João 2015 não foi pago. Apenas os bois chamados “grandes”, que não chegam a 10. E mais 3 tambores de crioula.
    Isso num universo de dezenas de grupos, que anda não viram a cor do dinheiro, apesar de terem se apresentado. O curioso é que foi registrado um número de 80 danças portuguesas para receber. Onde elas dançaram, não sabemos.
    Só o Boi de Morros receberá do Estado 40 mil reais. Haja dançada. Fora as extras!
    E o Boi do tal Paulo de Aruanda, que era assessor da Estérica, ex-secretária maluquete, vai receber mais de 40 mil. Ele fazia as programações e tascava o grupo dele. Ganhou tanto dinheiro que abriu um terreiro novo.
    O tal grupo dançou diversas vezes no Palácio e em eventos do Estado. Tinha apresentação em que iam somente com 10 pessoas. A que pontos chegamos…

Os comentários estão fechados.