DITADURA? Estudantes são presos durante protesto em São Luís

presosCinco estudantes, entre secundaristas e universitários, foram presos no início da noite de hoje (30) durante um protesto contra o reajuste das passagens de ônibus da capital.

A condução foi feita por homens da Polícia Militar sob a alegação de que os manifestantes promovia algazarra dentro do Terminal de Integração da Praia Grande.

Na imagem acima aparecem apenas três dos detidos porque os outros dois são menores de idade.

Ao blog do Diego Emir, Henrique Carneiro (de camisa cinza), líder do movimento contra o aumento da passagem de ônibus em São Luís, disse que foi preso de forma arbitrária e sem justificativa. Ele é dirigente DCE da UFMA e afirmou lamentar receber esse tipo de tratamento por parte da polícia de um governo que se diz democrático e socialista.

“O que praticaram foi um sequestro de estado. Prenderam dois menores sem necessidade e outros dois membros do movimento pelo simples fato que não aceitamos o aumento de 30 centavos na passagem de ônibus”, argumentou o dirigente do DCE, Henrique Carneiro, que também é vice-presidente da União Estadual dos Estudantes do Maranhão.


15 pensou em “DITADURA? Estudantes são presos durante protesto em São Luís

  1. Esse é o governo mais louco dos últimos tempos. Flávio Dino baixa uma medida provisória concedendo gratificação ao policial por arma de fogo apreendida. Essa providência é obrigação do policial ou ele não acredita na integralidade do policial e acha que apreende uma arma e vende. O certo seria ele aumentar o auxílio alimentação do policial militar cujo valor está muito defasado. Quanto a prisão dos alunos foi muito injusta. Foi um tiro no pé pois o movimento estudantil vai criar força e certamente Edivaldo Holanda vai pagar essa fatura. E não adianta pedir desculpas

  2. Aposto como esses estudantes votaram no dino!
    Kkkk!
    Remédio amargo, não turma?

  3. Não sei o que esses 3 fizeram, só sei que na terça feira, ao passarem pela Rua Grande, esses que se dizem estudantes, fizeram o maior estrago. Quebraram lixeiras, chutaram as portas de rolo das lojas, algumas ficaram bem danificadas, como foi o caso do Armazém Paraíba, onde eu trabalho. Isso não é manifestar, isso é vandalismo, eles perdem o direito deles, a partir do momento que começam o quebra-quebra na cidade.

  4. São um bando de baderneiros sim, estavam danificando o patrimônio, quebrando lixeiras, pichando os ônibus, sem falar que estavam prejudicando os trabalhadores que já saem cansados do trabalho e ainda têm que ficar horas num engarrafamento por conta dessas manifestações nos locais errados.

  5. tem q ser preso mesmo, estavam fazendo baderna e ameaçando os motoristas no trânsito, inclusive eu fui vitima disso, tenho fotos e vídeos comprovando.

  6. Com certeza eles não foram presos à toa, porque a bagunça e desordem estava generalizada, se a polícia não intervisse, iria acontecer o maior quebra-quebra lá no terminal. É por isso que os movimentos no Brasil nunca funcionam, tudo acaba em bagunça.

  7. O que chama atenção é o caso do Henrique é cria do pcdo b da UJS, era profissionalizado, recebia, recentemente filiou se ao PSB, filiação concem suada e negociada com os capas do PCdoB, no mesmo período que Bira foi ao PSB. aGORA DENUNCIANDO O GOVERNO DE HOLANDIZADINHA, não e que não tenha direitos, longe de mim pensar desse modo, mas ai atrás desse mato tem cachorro, seria um novo mártir , ou faz parte da estrategia de esvaziar hol andinha?

  8. Pingback: “Não à ditadura comunista”, diz Adriano Sarney após prisão de estudantes | Gilberto Léda

  9. Esse Henrique Carneiro ele é militante do PCdoB.
    Aliás, no ato de lançamento do candidato dutra à prefeitura de Paço do Lumiar, ele eatava junto com Márcio Jerry e Flávio Dino.
    Ou seja, governador prende gente do próprio partido. Besta porra!

Os comentários estão fechados.