Flávio Dino e Roberto Rocha: os maiores derrotados

robertorocha_flavio

O resultado que emergiu das urnas no domingo (2), em todo o Maranhão, trouxe à tona dois derrotados: o governador Flávio Dino (PCdoB) e o senador Roberto Rocha (PSB).

dino_curadoVirtuais adversários na disputa pelo Governo do Estado em 2018, ambos apostaram alto em 2016, de olho em redutos que lhes garantam solidez para uma marcha consistente rumo ao Palácio dos Leões daqui a dois anos.

Dino amargou derrotas marcantes em Imperatriz, Caxias e Pinheiro. Não ter conseguido a eleição de Edivaldo Holanda Júnior (PDT) em São Luís no 1º turno também pode ser considerado um revés.

Na cidade de Imperatriz, o comunista viu Rosângela Curado (PDT) ficar apenas em terceiro lugar – o desempenho só não foi pior que o de Carlinhos Amorim (PDT), em 2012, que não passou de 5%.

rocha_ildonNo segundo maior colégio eleitoral do estado, Roberto Rocha também experimentou sua principal queda: o ex-prefeito Ildon Marques (PSB), favorito na disputa, ficou em segundo. Todos derrotados pelo delegado Assis Ramos (PMDB).

Em Caxias, Flávio Dino ainda divide o insucesso com seu aliado Humberto Coutinho (PDT): vitória do suplente de deputado Fábio Gentil, sobre o atual prefeito, Léo Coutinho (PSB).

Na Baixada, viu seu candidato a prefeito de Pinheiro, Leonardo Sá (PCdoB), ficar também apenas em terceiro. Pior, com vitória de Luciano Genésio (PP), justamente o candidato que o próprio governador tentou tirar do páreo (relembre).

simoneDerrotas, ainda, em Grajaú, com a controversa Simone Limeira (PCdoB); em Codó, com Pedro Belo (PCdoB) ficando apenas em terceiro; e em Lago da Pedra, com Mauro Jorge (PCdoB), também apenas em terceiro lugar.

Um leitor me alerta que houve também derrota fragorosa em Barreirinhas, onde, Flávio e seu grupo vetaram a candidatura à reeleição de Léo Costa (PDT) para apoiar o ex-socio do governador Amilcar Rocha (PCdoB). Perderam para Alberico Filho (PMDB).

Rocha

Do lado do senador Roberto Rocha, além do malogro em Imperatriz, derrota em Balsas – em que o irmão, Rochinha, ainda é o prefeito, mas não concorreu – e, claro, em São Luís, com a decepção de Wellington do Curso fora do 2º turno.

Vitórias

Mas nem só de derrotas foram as eleições para as duas maiores lideranças com mandato no estado.

Flávio Dino derrotou a família Murad em Coroatá – um troféu pessoal perseguido pelo comunista -, elegeu Talita Laci (PCdoB) na Raposa e Domingos Dutra (PCdoB) em Paço do Lumiar.

E viu seu partido, o PCdoB, terminar a eleição com 46 novos prefeitos – eram cinco em 2012.

Roberto Rocha elegeu Luciano Genésio (PP) em Pinheiro.

São feitos dignos de registro.


43 pensou em “Flávio Dino e Roberto Rocha: os maiores derrotados

  1. A pior derrota de Dino foi em Barreirinhas, ele e o ex sócio perderam para um membro da sarneyzada. Perdeu feio, Léo Costa está rindo a toa.

  2. Gilberto mas tirando os candidatos do pcdob
    Flavio ganhou muitas prefeituras, com seus candidatos apoiados.
    Eu acho q foi o vencedor
    Já roberto rocha…..2018 já era

  3. Então o governador não foi derrotado!! Se de 5 subiu para 46 ele saiu vitorioso. Acho melhor mudar o título da manchete.

  4. Mas na contra mão do que insinua o colega, Pinheiro ainda está favorável à Dino pois o PP é partido da base do governo, nada que nao se negocie com diálogo mas a saneada também amargou um mucado nessa eleição. Pinheiro que é uma cidade importante para o próprio presidente nacional do PMDB não ter em placa do seu candidato lá também NÃO É FAVORÁVEL.

    • não é a quantidade que se avalia aqui, mas a importância estratégica dos municípios. Em 2014 Flávio Dino só tinha 17 prefeitos aliados. Mas alguns deles em municípios estratégicos, a maioria deles onde perdeu agora

        • É claro que se avalia a quantidade: se o governador tivesse perdido em números, você mudaria seu discurso, dizendo que o importante era o número de aliados do governo.Aceita o resultado, cara.

        • É claro que se avalia a quantidade: se o governador tivesse perdido em números, você mudaria seu discurso, dizendo que o importante era o número de aliados do governo.Aceita o resultado, cara.

  5. Vale ainda ressaltar que em São Luís quando Márcio Jerre apresentou os candidatos da base do governo ele falou de Bira do Píndaré (que terminou não sendo candidato), Eduardo Baid, Eliziane Gama e Edvaldo Holanda. Portanto embora a preferência do Governador Seja pelo atual prefeito, o prefeito ainda assim será da base governista de qualquer jeito.

  6. FALTOU CITAR AS DERROTAS DA TUA CHEFE, ROSEANA SARNEY, EM PINHEIRO , COM O AFILHADO DE SARNEY, FILUCA, SÃO LUÍS , COM WELLINGTON DO CURSO , O SAFADÃO , SONEGADOR DE IMPOSTOS E GRILEIRO; COROATÁ; BALSAS; E A MAIORIA DOS MUNICÍPIOS..

    • Flávio Dino derrotou a família Murad em Coroatá – um troféu pessoal perseguido pelo comunista -, elegeu Talita Laci (PCdoB) na Raposa e Domingos Dutra (PCdoB) em Paço do Lumiar.

      E viu seu partido, o PCdoB, terminar a eleição com 46 novos prefeitos – eram cinco em 2012.

      Roberto Rocha elegeu Luciano Genésio (PP) em Pinheiro.

      São feitos dignos de registro.

  7. As coisas não são tão lineares assim. A população decidiu pelo gestor dos municípios e não se aprovam o governo do Flávio ou o nome do Roberto Rocha. Em Imperatriz, Robertou perdeu, mas tem agora um aliado que é a segunda maior força da cidade. Em outros municípios onde Flávio perdeu, ele tem ao seu lado a segunda força do município. O mesmo pode ser dito para a família Sarney/Murad. Em Coroatá, a oposição tem a segunda maior força política da cidade. Tudo é muito polarizado, como pode ver, e dessa forma a gestão dos prefeitos determinará as preferências eleitorais de 2018. Sem esquecer que em 2018 a eleição é para governador e aí a variável mais importante é aprovação/desaprovação do governo estadual.

  8. Ué? O governador elege 46 novos prefeitos no Maranhão, maior quantidade de prefeitos do PC do B por estado do país e ainda é derrotado? Vitórias históricas em Coroatá, Pinheiro (Derrotar Filuca é considerada sim uma vitória), Imperatriz (derrotar o traíra do Rocha também é vitória). Não entendi….

    • Pinheiro vitóiria? o cara que ganhou ele tentou tirar da jogada. Imperatriz vitória? não me faça rir… próximo

      • Se derrotar Filuca em Pinheiro, derrotar o candidato de Rocha em Imperatriz também não for vitória eu não to entendendo mais nada….

        • Quer dizer que Flávio Dino ganha até quando o candidato dele perde? Pq os candidatos dele perderam em ITZ e Pinheiro… como foi que FLávio Derrotou alguém nesses colégios?

  9. O caba elege 150 prefeitos
    Só do pcdob são 46
    E é derrotado?
    Como assim?
    Luciano tbm é apoiado por flavio
    Assis não demora muito cai nos braços, pois esconde Sarney o tempo todo
    Roberto costa tem a simpatia do governo
    Derrotado de verdade foi Bob Rocha

  10. Gilberto em Timon mesmo com o uso das 02 maquinas públicas a do Estado e da Prefeitura o candidato do Flavio Dino o atual Prefeito Luciano Leitoa teve menos votos do que na eleição passada, só para variar as pesquisas que davam mais de 20% de vantagem para o mesmo era inflada e no dia da eleição o aparato militar coibia qualquer tipo de manifestação pro Alexandre enquanto que do outro lado tudo era liberado, agora o Sr. Luciano Leitoa tem que responder a respeito dos seus doadores de campanha pois ate beneficiários do bolsa família arrumaram dinheiro para ajudar o Prefeito, acredito que teremos processo de cassação de diploma ou mandato em Timon

  11. Em Lago da Pedra a derrota foi ainda maior, o Flavio Dino tem rixa com a atual prefeita do município, Maura Jorge. Ele mandou reforço para o seu candidato Mauro Jorge (primo e rival da atual prefeita) que fez de tudo para barrar o candidato da prefeita, Laércio Arruda. A derrota foi histórica, e Laércio Arruda pegou mais de 50% dos votos, deixando o candidato do governo amargando o terceiro lugar.

  12. Luciano derrotou as maquinas Estadual e Municipal. em Pinheiro Luciano ficou conhecido como candidato dos lisos. Filuca desta vez não conseguiu comprar a comprar os pinheirense ele que dizia que ganha eleição é quem tem dinheiro, Luciano tem votos mas não tem dinheiro, se ferrou.

  13. O Uol não concorda muito com você Leda…

    ” MA: PCdoB foi o partido que mais elegeu prefeitos no Estado
    Puxado pelo governador Flavio Dino, o PCdoB foi o partido que mais elegeu prefeitos no Maranhão nas eleições deste domingo (2). Dos 229 municípios que encerraram as disputas no primeiro turno, o PCdoB venceu em 46 prefeituras. Em seguida vem PDT e PSDB com 28, cada; PMDB, com 22 prefeitos; PRB e PP, com 14 prefeitos, cada. O PSB fez 13 prefeituras. Já o PTB, PT, PV e PR venceram em sete prefeituras cada um. Em seguida, o PSD com seis prefeitos eleitos; PSDC com três; PTN, PROS, SD, DEM e PMN elegeram dois prefeitos cada. Por fim, o PPS, o PSL e PTC elegeram um prefeito cada.”

    • “Dos 229 municípios que encerraram as disputas no primeiro turno”…
      Parei de ler bem aqui…
      A título de informação:
      O PCdoB tinha 103 candidatos a prefeito no Maranhão. Elegeu 46.
      E o governo ainda perdeu em Imperatriz, Caxias, Pinheiro, Codó, Lago da Pedra, Barreirinhas, Grajaú…
      Se isso é vitória, os comunistas então venceram mesmo.
      Abs

  14. Flavio Dino foi derrotado nos maiores municípios. Ele é sim um derrotado. Que vergonha em Caxias, Imperatriz, Grajaú etc. Ele fez prefeito em pequenos municípios que não tem força política. Em 2018 esse cara de […] será derrotado, e aí o maranhão será livre.

  15. Leda,
    Em São Bento quem ganhou foi o PCdoB. No entanto, o povo perdeu, pois os votos dos outros dois candidatos somados os brancos e nulos chega a 70%. Ganhou com um candidato que foi preso por fraude no INSS, segundo a Polícia Federal, foi considerado pelo Fantástico como o segundo político mais corrupto do Brasil. Teve suas contas rejeitadas pelo TCE. Esse tipo de vitória tá parecendo vitória de Pirro.
    Israel

  16. O CAOS CUmunista da BESTA FERA Flaude DiNOSSAURO não foi tão grande assim. Para o bem do Maranhão.

Os comentários estão fechados.