Governo demite médicos de UPA que cobraram salários atrasados

O governo Flávio Dino (PCdoB) deu nesta semana mais uma demonstração da truculência com que trata quem diverge da sua gestão.

Na tarde de ontem (29) três médicos que atuam na UPA da Vila Luizão e cobraram da Secretaria de Estado da Saúde (SES) o pagamento de salários atrasados foram demitidos por telefone.

Dois deles deram entrevista à TV Mirante, comentando o assunto.

Foi o bastante para a demissão sumária.

O Conselho Regional de Medicina (CRM) já foi informado da arbitrariedade e tem reunião marcada para hoje (30) com a SES.

Se achava que resolveria o problema assim, o governo se equivocou. Por um motivo simples: o Código de Ética Médica recomenda que médicos  ao assumam postos de trabalho abertos em função da demissão de colegas em retaliação a protestos como os desses profissionais das UPAs.


4 pensou em “Governo demite médicos de UPA que cobraram salários atrasados

  1. MEU AMIGO ISSO NÃO É NADA PERTO DO QUE ESTÃO QUERENDO FAZER COM O HOSPITAL GERAL DE PERITORÓ, ONDE O PREFEITO COM SEDE DE PODER, PEDIU AO GOVERNADOR A DIREÇÃO DAQUELA UNIDADE, E O GOVERNADOR ESTÁ ENTREGANDO O HOSPITAL DIRETAMENTE NA SUA MÃO, MUNICIPALIZANDO AQUELA UNIDADE QUE SEMPRE FOI REFERENCIA EM SALVAR VIDAS DANDO SUPORTE PARA MAIS DE 40 MUNICÍPIOS DESTA REGIÃO, O ALOPRADO PREFEITO QUER COLOCAR UMA DIRETORA FICHA SUJA PRA GOVERNAR A UNIDADE, TIRANDO EMPREGOS DE CENTENAS DE PAIS E MÃES DE FAMÍLIAS, RETIRANDO OS TRATAMENTO DE ORTOPEDIA E TRAUMA, ALÉM DOS CASOS EMERGÊNCIAS DE APENDICITE, OBSTRUÇÃO INTESTINAL. PEDIATRIA E ETC.. SENHOR GOVERNADOR TA DANDO UM TIRO NO PÉ, ACABANDO COM A SAÚDE DA REGIÃO, DANDO ADEUS A SUA REELEIÇÃO.

  2. Pingback: Governo demite médicos de UPAs que cobraram salários atrasados – Notícias dos Blogs

Os comentários estão fechados.