PSB expulsará quem não apoiar Roberto Rocha ao governo, diz senador

O senador Roberto Rocha (PSB) foi taxativo ao comentar, em entrevista ao Blog do Gilberto Léda, o racha que se mantém no PSB sobre o destino do partido nas eleições de 2018.

Ele trabalha para ser o candidato socialista a governador no ano que vem – embora mantenha conversas com outros partidos, como o PSDB -, mas enfrenta resistências do grupo representado pelo atual presidente da sigla, o prefeito Luciano Leitoa, de Timon, que defende apoio à reeleição de Flávio Dino (PCdoB).

Apesar disso, Rocha garante ter o apoio da direção nacional e anunciou que, se for candidato, quem não o apoiar deverá ser expulso do PSB.

“Se eu tiver que ser candidato ao governo, se eu for chamado para esse desafio, é claro que eu tenho toda a confiança da direção nacional do meu partido. Aqui no Maranhão, aqueles que eventualmente não quiserem acompanhar a decisão do partido serão simplesmente expulsos do partido”, disse.

O senador comentou, ainda, os informes sobre uma eventual saída para o PSDB.

“Eu ouço muita especulação, mas não tem nada a respeito da minha saída do PSB”, completou.

Em tempo: nesta semana, em reunião do PSB, Luciano Leitoa garantiu apoio da legenda à candidatura do deputado federal Zé Reinaldo ao Senado, mas apontou para a repetição de um composição com o PCdoB na disputa pelo Executivo.


4 pensou em “PSB expulsará quem não apoiar Roberto Rocha ao governo, diz senador

  1. Se ele for candidato ao governo, a disputa se tornará interessante porque quanto mais candidato com capital político mais pulverizados será os votos sem falar que Roseana entrar na disputa, aí sim, a chapa esquentará em altíssima temperatura.

  2. Tem que gastar muito dinheiro, só no papo não ganha não, dinheiro na mão do povão, ninguém ganha mais votos só em promessas mentirosas não, só no papo vai passar vergonha igual o E dinheiro Lobão.

Os comentários estão fechados.