Op. Pegadores: juiz cita saúde “deteriorada” ao manter inquérito contra Carlos Lula

O juiz federal Roberto Veloso, da 1ª Vara da Justiça Federal no Maranhão, declarou que há interesse público envolvido no inquérito aberto contra o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, pela Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) no âmbito da Operação Pegadores.

Segundo ele, o fato de a saúde pública estar “tão deteriorada na quadra atual” é motivo o suficiente para a manutenção das investigações.

O argumento foi usado pelo magistrado ao negar um pedido do auxiliar do Governo do Estado para que o processo aberto na CGU fosse arquivado (saiba mais).

“Em relação à fiscalização em curso, não vislumbro razões para paralisá-la, mesmo porque o interesse público na apuração de fatos ditos irregulares deve prevalecer”, destacou.

Veloso também rejeitou o argumento da defesa de Lula de que os recursos públicos supostamente desviados não são federais, mas do tesouro estadual.

“Somente depois de devidamente apurado em procedimento regular será possível determinar de onde provieram [os recursos]. Portanto, não me parece razoável, neste momento, determinar a paralisação da investigação, principalmente estando envolvidas grandes somas de recursos públicos […] levando em consideração que se trata dinheiro destinado à saúde pública, tão deteriorada na quadra atual”, completou.

 


1 pensou em “Op. Pegadores: juiz cita saúde “deteriorada” ao manter inquérito contra Carlos Lula

  1. Parece que pra esse rapaz não tem jeito mesmo, dizem que os indícios dos seus atos de improbidade administrativa com lesões ao erário por ação e omissão são gravíssimos. Pegaram no rabo dele, não soltam e não adianta espernear! Parece que esse vai ser um dos primeiros expoentes da república dos comunistas no MA, tido como “competente jurista”, que vai ser pego pelo MPF e pelo Judiciário. Uma triste e lamentável ironia do destino. Um péssimo exemplo para os tolos e os neófitos no Direito!

Os comentários estão fechados.