TRE-MA mantém condenação e inelegibilidade de Ricardo Murad

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) rejeitou hoje (21) um recurso do ex-deputado Ricardo Murad (PRP) e manteve a inelegibilidade do candidato a deputado federal por oito anos – a contar da eleição de 2012.

Murad foi declarado inelegível no ano passado pela juíza Josane Araujo Farias Braga, então respondendo pela 8ª Zona Eeitoral, de Coroatá, no bojo de uma ação por abuso de poder nas eleições de 2012 (reveja).

O recurso dele ao TRE começou a ser julgado na semana passada, mas a apreciação havia sido interrompida por um pedido de vista do juiz Itaércio Paulino da Silva.

Em comunicado à imprensa, Murad disse que está avaliado com seu advogado um recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) “e a consequência da decisão em relação ao registro da minha candidatura”.


9 pensou em “TRE-MA mantém condenação e inelegibilidade de Ricardo Murad

  1. Pro bem do Maranhão, menos um pilantra pra infernizar a vida do nosso povo … agora falta o resto do bando… Rosengana será a próxima… Deus no comando!!

    • Ricardo Murad hoje é o Flávio Dino de amanha, ambos cometeram praticamente os mesmos crimes eleitorais, de improbidade administrativa e oxalá de responsabilidade.

      A bem da verdade os dois até que se assemelham. Só que o Murad é um gestor que faz, isso é inegável, e atropela os ordenamentos jurídicos. Já Dino não fez quase nada, é perseguidor, mentiroso e também atropela as leis.

  2. Menos um corrupto. Ainda tem a cunhada e o irmão da mesma. O segundo passo agora é fazer com que ele diga aonde foram parar os bilhões de reais retirados da Secretaria de Saúde, quando ele era o secretario.

  3. Pingback: Ricardo Murad tem candidatura indeferida, mas segue em campanha - Gilberto Léda

  4. Pingback: Ricardo Murad consegue suspender inelegibilidade no TRE - Gilberto Léda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *