Violência: Maranhão apresenta aumento no número de homicídios, confirma G1

Dados contabilizados pelo portal de notícias G1, em parceria com o Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (USP) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública apontam que o Maranhão – ao contrário do que se apregoa nas propagandas oficiais do governo comunista – apresentou a segunda maior taxa de homicídios em junho, considerando apenas o primeiro semestre deste ano. O estado, de acordo com o levantamento, registrou no sexto mês do ano um total de 154 assassinatos, um índice que representa 2.2 mortes para cada 100 mil habitantes.

Ainda de acordo com o portal, dos crimes registrados, o estado teve 148 homicídios dolosos, 4 latrocínios e 2 lesões corporais seguidas de morte. O número só fica atrás do mês de janeiro deste ano, que registrou 168 mortes.

Se as autoridades do governo estão preocupadas no momento apenas com a volta para o palácio nos próximos quatro anos, a população ainda fica a mercê dos bandidos. O caso mais recente aconteceu na noite desta quinta-feira (30) quando um policial militar conhecido por Meirelles foi baleado durante troca de tiros no bairro Angelim, em São Luís. Durante o fato, havia grande fluxo de pessoas no horário, o que poderia ter resultado em uma tragédia. O PM foi operado e passa bem.

Este dado do G1, ao contrário de outros, sem dúvida não estará na propagada dinista nos próximos dias…


1 pensou em “Violência: Maranhão apresenta aumento no número de homicídios, confirma G1

  1. Isso tudo é por causa dessas leis ultrapassadas e benefícios a presos nesse país. Isso não é apenas no Maranhão é em todo país. As leis de execuções penais precisa ser revisto evitando que condenados saiam da prisão em curto espaço de tempo. Recentemente a polícia civil prendeu uma quadrilha em imperatriz e no dia seguinte estavam todos soltos por terem residência fixa. Uma piada.

Os comentários estão fechados.