Detran-MA recua e desiste de cortar salários de grevistas

O Detran-MA informou nesta quarta-feira (30) que desistiu de cortar salários de servidores que fizeram greve no mês de junho.

O caso foi revelado pelo Blog do Gilberto Léda mais cedo (reveja).

Segundo o órgão, a determinação para o corte partiu da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), mas foi revertida após diálogo com o sindicato da categoria, na manhã de hoje.

Veja nota oficial.

O DETRAN – MA informa que os descontos salariais verificados nos contracheques do mês de outubro de terminados servidores foram procedidos por determinação da PGE – Procuradoria Gersl do Estado, conforme documento anexo. No entanto, em reunião realizada hoje com o Presidente do SINSDESTRAN, foi acordado pela Direção do Órgão que os valores descontados serão restituídos e que será aguardado o trânsito em julgado da decisão de mérito do processo judicial em tramitação perante o TJ- MA. Já estão sendo tomadas as providências cabíveis pelo DETRAN junto à SEGEP para que as referidas restituições sejam feitas no menor prazo possível.


5 pensou em “Detran-MA recua e desiste de cortar salários de grevistas

  1. Nesse Detran acontece todo tipo de pixotagem, algo muito comum em locais cujos cargos são ocupados por pessoas desqualificadas.
    Politicagem quase sempre é sinónimo de incompetência.
    Se foi erro da PGE, pelo amor de deus, onde se formou esse povo? Faculdade de Direito à distância?

  2. Essa reunião entre a diretora e o presidente do sindicato ocorreu em qual apartamento dos dois? Uma vez que eles moram no mesmo condomínio?
    No Detran não foi.
    Mais uma reunião secreta, sem passar antes por uma assembleia para discutir os termos do acordo.
    Está escancarado demais.

  3. Espero que seja verdade em si tratando de detran do Maranhão tudo pode acontecer, eu so vou acreditar quando eu ver meu suado dinheiro de volta…. afinal o detran do Maranhão não respeita seus servidores.

  4. Essa gestão aí não tem muita credibilidade não, primeiro pq firmaram acordo dizendo que não iriam descontar e descontaram, segundo que esse Papinho aí de devolver só saiu depois que jogamos na mídia essa pilantragem que fizeram. Um governo de mídias e mentiras, típico de um governo comunista.

Os comentários estão fechados.