Após receber R$ 45 mi de Bolsonaro, Dino quer mais: ‘Onde gastar não falta’

(Foto: Reprodução/TV Mirante)

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), afirmou hoje (13), em entrevista ao Bom Dia Mirante, da TV Mirante, que precisa de mais recursos do governo Jair Bolsonaro para investir na Saúde estadual, especificamente no combate à Covid-19.

Ele não disse quanto, mas, ao comentar os valores já encaminhados pelo Ministério da Saúde – foram R$ 27 milhões só na semana passada (reveja) – disse que faltam recursos para aplicar no combate à expansão do vírus.

“Onde gastar o dinheiro, infelizmente, não falta. O que falta é o contrário, o que falta é o recurso para que a gente continue esse processo”, disse.

Além dos R$ 27 milhões da semana passada, no dia 16 de março, dias após a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarar pandemia do novo coronavírus, o Ministério Saúde publicou a Portaria nº 395/2020 no Diário Oficial da União, estabelecendo as verbas a estados e ao Distrito Federal.

No total, foram liberados R$ 424 milhões, R$ 14 milhões dos quais ao Governo do Maranhão.

Dias depois, foram garantidos mais R$ 20,1 milhões pelo governo Jair Bolsonaro, desta vez contemplando não apenas o Executivo estadual, mas também os municípios.

Segundo os critérios aprovados durante reunião da Comissão Intergestores Bipartite do Maranhão, esse valor foi assim repartido: R$ 4 milhões para a Secretária de Estado da Saúde (SES) – R$ 2 milhões dos quais destinados à compra de máscaras, álcool gel e outros Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) – e R$ 16 milhões para as gestões municipais.


17 pensou em “Após receber R$ 45 mi de Bolsonaro, Dino quer mais: ‘Onde gastar não falta’

  1. Essa não cola mais. Depois da sua eleição e reeleição, agora a culpa da Saúde do MA que é precária, que até falta esparadrapo em UPAS, Mandados de Segurança de internação sendo ignorados pelo Secretário, agora falta dinheiro por causa de Bolsonaro.. Dinóquio, ninguém mais acredita em vc. Uma sugestão de onde tirar dinheiro para a Saúde: Seu Vice governador e assessores pararem de viajar para o exterior, Gaste menos em publicidade, Exonere funcionários fantasmas em toda a Administração Estadual.

  2. DINÓQUIO sorvetao tá só se locupletando com o dinheiro que entra. Tentando se manter em evidência política a nível nacional, buscando uma possivel candidatura majoritário ao planalto. Portanto, ta encaminhando todo esse dinheiro pra secon, pro rato Jerry coordenar.

  3. Cabana do Sol anuncia demissão de setenta funcionários. Esse restaurante não está nos planos de Dino. Se caso estivesse o comunista já tinha inventado algo para ajudar, como foi o caso do Mateus. 2022 está chegando.

  4. Recebeu de BOÇALNATO??????? Cara, a UNIÃO NAO PRODUZ NADA, vive de tomar impostos daquilo que é produzido nos Estados.
    Há propósito, 45 milhões para o Maranhão dá R$ 6,00 por habitante, ou seja, dá para comprar dois comprimidos de Cloroquina e um de CIBAZOL.
    E o grito de guerra????
    MUUU….MU….MUUUUUUUUUUUUUUU……..MUUUUUUUH….

    • Encarnação do Satanás, amigo da onça …esse dinheiro renderia bem na mão de WR !!! Kkkkkkkkkk

    • Esse e o nivel de um esquerdista. E a mesma coisa que discutir com um macaco. Vai guinchar, urrar, assoviar, mugir, relinchar e acha que ganhou uma discussao. O governo federal arrecada e nao produz. Assim com o governo estadual nao produz nada. Gracas aos ceus nao somos comunistas.

  5. Ele tem é que provar cabalmente com que gastou toda essa dinheirama, pois aí é recurso federal (CGU, TCU e MPF), não dá pra enganar nem com trocas de favores?

    Gilberto Léda, como estão aqueles pedidos do ministro do STF, Alexandre de Moraes, para os governadores (Flávio Dino também) apresentarem dentro de 72 horas a relação de todas as ações no combate à Covid-19 relativo ao envio do Governo Federal e em 15 dias a comprovação do que foi gasto? O Governo Dino já informou alguma coisa ou caiu no esquecimento?? Se já informou, reproduz aqui para os seus leitores o inteiro teor da prestação de informações.

  6. A terceirização desebfreada da saúde cria uma situação insustentável porque as empresas são um saco sem fundo haja vista que é muitos recursos wue o estado paga por cada funcionário e no final das contas o salário desse pessoal é muito, muito baixo, sabe-se como funciona ba prática a terceirização e o porquê dos gestores terem uma predileção por ela, a sociedade não é tola, sem contar em empresas estranhas que “ganham” contratos principalmente nas UPas e qd se vai procurar a origem delas acaba-se encontrando o que a imaginação suspeita. O certo seria que houvesse concurso público para os profissionais da saúde terem um salário melhor e estabilidade. Nas upas que é de emergência, técnicos de enfermagem chegam a receber o salário mínimo Vou terminar por aqui para não ser censurada pelo “democrata” comunista.

  7. Esse animal não enche nunca essa […] dele , deve tá saindo pelo saco sem fundo mesmo , mais tá parando o dinheiro […] , aos poucos o dininho vai caçar sua própria sepultura , pois e muito roubo de dinheiro nesse Maranhão , os asfaltos pior que estrada de chão , prefeito corruptos aliados a ele estão enchendo o bolso também , mais um dia a casa cai , espero que não demore , sem falar no tanto de imposto que ele cobre dos pequenos comerciantes , acabou com os pequenos , tá difícil viu , mais pesso a meu povo que temos que agir , tirar esse […] se não daqui uns dias ele não anda mais no chiqueiro , […]

  8. Pingback: Flávio Dino: combate à Covid-19 custará R$ 50 milhões por mês - Gilberto Léda

  9. Pingback: PF fiscalizará verba para combate à Covid-19; MA já recebeu R$ 131 milhões - Gilberto Léda

  10. Pingback: PF fiscalizará verba para combate à Covid-19; MA já recebeu R$ 131 milhões - Blog do Antônio Martins

Os comentários estão fechados.