Bira lembra que sofreu em 2016 o mesmo que Wellington em 2020

O deputado federal Bira do Pindaré, pré-candidato a prefeito de São Luís pelo PSB, lembrou ontem (29), durante entrevista ao programa  Ponto Final, na Rádio Mirante AM, que passou em 2016 o mesmo que atualmente passa Wellington do Curso no PSDB.

Na ocasião, Bira teve a pré-candidatura a prefeito retirada pelo seu partido, em prol de uma aliança com o próprio tucano.

“Desde 2008, são três eleições seguidas que eu tentei ser candidato a prefeito e não consegui por questões partidárias. Em 2008 e 2012 foram problemas do PT e mais recentemente foi no PSB, inclusive o senador Roberto Rocha que agora teve o problema com aquele que ele apoiou na eleição passada e que agora está reclamando, ou seja, o Wellington está vivendo agora a situação que eu vivi em 2016 que foi a última eleição, portanto já é uma luta que desde que eu fui candidato a senador em 2006, um fenômeno de votos com 554 mil votos no Maranhão, com 172 mil votos em São Luís, o mais votado na capital em 2006, desde ali que o meu nome sempre é lembrado nas eleições municipais, mas sempre havia esse impedimento por conta de questões de interesses partidários, nada contra a minha pessoa, mas por questões partidárias. então, para mim, só pelo fato de conseguir ser candidato já é uma realização”, afirmou.

O assunto, por sinal, já havia sido abordado pelo presidente municipal do PSDB,  ex-vereador Roberto Rocha Júnior, ao contestar a tese levantada pelo deputado Wellington do Curso de que teria sido traído pelo seu partido (reveja).


0 pensou em “Bira lembra que sofreu em 2016 o mesmo que Wellington em 2020