Dino precisa reabrir 500 leitos para voltar ao panorama de junho de 2020

Oferta atual de leitos exclusivos para pacientes com Covid-19 no MA

Enquanto segue cobrando da população e do empresariado local a adoção de medidas mais restritivas como forma de conter uma segunda onda da Covid-19 no Maranhão (saiba mais), o governo Flávio Dino (PCdoB) continua claudicante quando o assunto é a reativação de leitos que foram abertos em 2020, mas fechados quando a gestão estadual achou que o pior já havia passado.

Segundo dados revelados no início de fevereiro pelo Blog do Gilberto Léda – com base nos boletins divulgados pela própria Secretaria de Estado da Saúde (SES) – no dia 15 de junho do ano passado, havia 1.779 leitos exclusivos para pacientes infectados pelo novo coronavírus (reveja).

Atualmente, há 1.207 – depois de já haverem sido apenas 860.

Assim, o governo comunista ainda precisa reativar mais de 500 leitos para voltar ao panorama de meados do ano passado, quando a oferta era condizente com a realidade da doença no estado.

E o ritmo precisa ser o dobro do de fevereiro, para que isso seja concluído ainda em março.


2 pensou em “Dino precisa reabrir 500 leitos para voltar ao panorama de junho de 2020

  1. Gilberto,

    Por que ele fechou esses leitos hospitalares, dizem 900, em meio à Pandemia? Qual é a explicação da SES para o fechamento de tantos leitos hospitalares no Maranhão?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *