Eduardo Braide avança com vacinação infantil em São Luís

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), anunciou nas redes sociais, neste fim de semana, o avanço da vacinação das crianças entre 5 e 11 anos contra a Covid-19 na capital.

Segundo o gestor, já na segunda, 24, e terça-feira, 25, inicia-se o atendimento a crianças de 8 e 7 anos.

“Continuamos com a vacinação de crianças de 5 a 11 anos, com comorbidades ou deficiência”, resslatou.

O prefeito também anunciou a chegada de mais 40 mil testes rápidos, a serem aplicados em seis unidades de saúde do Município e cinco centro de atendimento às síndromes gripais.


6 pensou em “Eduardo Braide avança com vacinação infantil em São Luís

  1. Lixo acumulando-se por toda a cidade. Infestação de mosquitos e outras doenças por toda ilha. Não se vê a detetetização no combate ao mosquito da dengue que já era para ter iniciado. A dívida vem ai…

    • Não dá visibilidade…Eduardo Braide pensa em popularidade. Ele aproveita o atual momento para se fazer conhecido como o “prefeito da vacina”.

  2. PARABENS AO PREFEITO EDUARDO BRAIDE, SEMPRE REALMENTE FOCADO NA CAUSA DA SAÚDE.
    E LEMBRAR QUE O EX-PREFEITO EDIVALDO JÚNIOR ESCOLHEU “POR ACASO” UM SECRETÁRIO DE SAÚDE, LULA FILHO, EX-DONO/GESTOR/ DE BAR/RESTAURANTE.

  3. Aqueles que deixarem de vacinar por questões de ignorância ou por ideologia, também, deveriam ser responsabilizados, muito embora carregarão para o resto da vida o peso da consciência.

  4. A vacina experimental da COVID teve sua importância, as vacinas são fundamentais e foram cruciais para que a humanidade ganhasse qualidade de vida, mais que isso, salvaram e ainda salvam milhões de vidas em todo o Mundo.
    Outro ponto é o uso da vacina em crianças sem que tenha havido de fato tempo hábil para se chegar a uma conclusão segura quanto ao uso ou não da vacina.
    Hoje o custo beneficio do uso em crianças, vacina contra a Covid, não aponta para o uso em crianças.
    A classe política como um todo erra em incentivar a vacinação para crianças, virou uma espécie de marketing pessoal e das gestões de boa parte de Prefeitos e Governadores, o Prefeito Braide que acertou em outras etapas da vacinação vai errando com essa promoção desmedida e precipitada, vacinação, público alvo, crianças.
    Como não ter receio, o pai que leva seu filho, filha a uma fila de vacinação, onde a indústria fabricante, no contrato de compra e venda desta vacina não se compromete textualmente com efeitos adversos????, justamente porque não tem como precisar nos dias de hoje, é uma vacina experimental.
    Claro que a decisão deve e sempre será dos Pais, e que Deus proteja nossas crianças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.