Ao responder Eliziane, Weverton critica grupo Sarney, a quem pediu apoio em 2020

O senador Weverton Rocha (PDT) expôs nesta quinta-feira, 8, o suprassumo da sua contradição política ao responder à sugestão da senadora Eliziane Gama (Cidadania) para que ele desistas da sua pré-candidatura a governador em prol de uma unidade em torno do governador Carlos Brandão (PSB) – saiba mais.

No Twitter, o pedetista disse que “apoiar um governador que acaba de nomear 5 membros da oligarquia Sarney como secretários contraria o que sempre defendemos e somos”.

Nem parece o mesmo Weverton que um dia desses, em 2020, estava no apartamento da ex-governadora Roseana Sarney (MDB) pedido apoio da “oligarquia” ao seu candidato a prefeito de São Luís, o deputado estadual Neto Evangelista (PDT).

Não lembra? Relembre aqui.


1 pensou em “Ao responder Eliziane, Weverton critica grupo Sarney, a quem pediu apoio em 2020

  1. Em se tratando de política, o Weverton demonstra não só imaturidade e incongruência, como também dá fortes sinais de desespero, com a referida declaração. Todos que sacanearam ideologicamente com o Sarney se retrataram. Flávio Dino que o diga.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.