Serrano do MA: presidente do TRE espantou-se com quantidade de irregularidades

A reação do presidente do TRE-MA, desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, ao voto da juíza eleitoral Anna Graziella Neiva no caso que pode culminar com a cassação da prefeita de Serrano do Maranhão, Val Cunha (PL), dá bem o tom da gravidade do processo.

O magistrado pediu vistas dos autos, e deve apresentar seu voto nesta quinta-feira, 7.

Mas, antes disso, mostrou-se perplexo com a quantidade de irregularidades denunciadas.

“Pelo que a senhora traz aí, eu, com algum tempo que milito na Justiça Eleitoral, ainda não tinha visto tanta coisa assim de forma até explícita”, pontuou.

Veja:

Entenda

Em sua manifestação, a juíza eleitoral relatora, Anna Graziella Neiva, reconheceu a existência de robustas provas no processo que comprovam a prática de compra de votos por parte dos investigados em benefício de Val Cunha, condenando os investigados e determinando o encaminhamento de cópia integral do processo à Polícia Federal para abertura de inquérito para a apuração de possível crime de corrupção eleitoral.

O voto foi acompanhado pela juíza Camilla Ewerton Ramos, que ratificou as sanções impostas aos investigados.

A defesa de Val Cunha constituiu novo advogado, que já pediu adiamento da sessão de hoje.


4 pensou em “Serrano do MA: presidente do TRE espantou-se com quantidade de irregularidades

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.