João Marcelo prestigia inauguração do curso de Medicina em Bacabal

O deputado federal João Marcelo participou na noite de ontem, 21, da solenidade de inauguração do Curso de Medicina, em Bacabal. O curso de graduação superior é um empreendimento do Grupo Kroton Med e ministrado pela Unidade da Faculdade Pitágoras no município.

Em seu discurso, o parlamentar destaca que esse feito é a realização de um sonho para os bacabalenses. “Vivi um grande momento da minha da vida. A realização de um sonho: a inauguração do Curso de Medicina em Bacabal, onde a Faculdade Pitágoras, com o apoio do prefeito Edvan Brandão, tornou possível”.

João Marcelo também frisou a trajetória de luta do senador João Alberto, sua e do deputado estadual Roberto Costa, para implantar o curso.

“Essa batalha foi travada junto ao MEC ainda em 2013 pelo então senador João Alberto. Em abril de 2016, nós estivemos com o então Ministro da Educação, Aloysio Mercadante, buscando meios de implantar o curso. O acordo foi firmado em audiência. Agora estamos aqui, celebrando o início das aulas”.

Em reconhecimento ao esforço da instituição e da equipe de docentes empenhados em oferecer ensino de qualidade aos jovens, João Marcelo parabenizou o grupo.

“É uma grande honra para mim estar aqui com o diretor da Kroton Med, Fernando Ciriaco; com a diretora da Unidade Pitágoras daqui de Bacabal, Loianne Magalhães; com a coordenadora do Curso, Denise Priolli, e com todos os jovens aprovados nesse primeiro vestibular. Fiquei muito feliz de saber que as metodologias de ensino adotadas pela Faculdade de Medicina da Unidade Pitágoras daqui de Bacabal têm foco na formação do aluno para atuação no SUS, com práticas médicas voltadas para o sistema de saúde local e das comunidades. Isso vai melhorar muito a qualidade de vida da nossa gente. É um grande feito. Estamos realizados”, concluiu.


1 pensou em “João Marcelo prestigia inauguração do curso de Medicina em Bacabal

  1. Parabéns por essa politica pública educacional, do curso de Medicina em Bacabal! Mas, será que os dois políticos citados, estão fazendo esse esforço para atender a população pobre do município de Bacabal? Será que, os jovens que terminaram o ensino médio nas escolas públicas do município, terão oportunidade de cursar medicina nessa instituição? Ou apenas alguns alguns privilegiados, terão esse privilegio?.
    Porque não a publica (UEMA ou UFMA), com o apoio e o esforço do prefeito e de um deputado federal, seria “possível”?.

    Pensar politicas publicas educacionais, deve levar em consideração as demandas da sociedade, “o que a maioria necessita”, cito isso, devido a participação dos dois políticos de grande relevância para a região.

    Caso não seja uma “ação politica” voltada para atender a região com um curso gratuito, vindo de dois grandes políticos, passa a ser contraditório.

    Entretanto, caso seja uma ação empresarial, para especular esse crescente ramo que vai atender a penas uma pequena parcela de privilegiados, não entendo e fica sem sentido a participação dos políticos nessa ação empresarial/financeira em beneficio de poucos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.