Deputada Daniella percorre municípios, ouve população e fortalece parcerias

Honrando o compromisso lutar pelas demandas municipalistas na Assembleia Legislativa do Maranhão, a deputada estadual Daniella (PSB) segue percorrendo diversas cidades para ouvir as necessidades da população e para fortalecer as parcerias políticas que sempre acreditaram no seu trabalho parlamentar. Dessa vez, a comitiva da deputada passou por Riachão, Carolina, Imperatriz, São Francisco do Brejão e Açailândia.

Na intensa agenda de Riachão e Carolina, Daniella dialogou com a população e com lideranças locais e renovou seu comprometimento com a viabilização de ações nos respectivos municípios. Ela estava acompanhada da pré-candidata a deputada federal Amanda Gentil e dos apoiadores Rafael, Lorenna Machado e Livia.

Em São Francisco do Brejão, a deputada foi recepcionada pela prefeita Ednalva Brandão, que ratificou o apoio de seu grupo político ao mandato de Daniella e ao seu projeto de pré-candidatura à reeleição. O apoio de Ednalva representa, também, um reconhecimento à atenção que Daniella tem dado às demandas do município, inclusive, destinando emenda parlamentar.

Já em Imperatriz, Daniella também foi recebida de forma muito calorosa por populares e lideranças políticas. No seu pronunciamento, ela reafirmou sua parceria com o município e disse que, no que depender dela, o município continuará recebendo incentivo para crescer cada vez mais.

A agenda municipalista da parlamentar se encerrou em Açailândia ao lado dos vereadores Feliberg Melo, Thaís Brito, Kell Oliveira, Erivelton Trindade, Máximo e Odacy Miranda. Na ocasião, ela relembrou as ações parlamentares em prol do município e a destinação de emendas que viabilizaram benefícios para o povo açailandense. Por fim, Daniella agradeceu pelo apoio que sempre recebeu dos vereadores e da população e disse que continuará defendendo as reivindicações municipais.

“Mais uma agenda encerrada com sucesso! Gratidão aos parceiros do nosso trabalho e a todas as pessoas que foram ao nosso encontro, às que nos receberam em suas casas, no seio de suas famílias, para reconhecer esse trabalho intenso que temos feito pelos nossos municípios e que tem sido traduzido na melhora de vida de milhares de maranhenses. Meu mandato sempre foi e sempre será municipalista e feito desse jeito: conversando de perto e interagindo com o povo do Maranhão”, enfatizou Daniella.

Procurado pela Interpol é preso pela PF no Maranhão

A Polícia Federal prendeu, em São Luís (MA) nesta quinta-feira, 26, um estrangeiro foragido da justiça da República Popular da China, desde 2013 e procurado pela INTERPOL, onde figurava na Lista de Difusão Vermelha (Red Notice) . O mandado de prisão foi expedido pelo Supremo Tribunal Federal.

O natural chinês de 56 anos é acusado e de fraude contra o sistema financeiro da China, podendo ser condenado a pena de até sete anos de prisão.

A Representação Regional da INTERPOL no Maranhão realizou um complexo trabalho de investigação para confirmação da identidade do estrangeiro, que há nove anos atuava como comerciante no centro de São Luís, que abriga um grande núcleo comercial chinês. A prisão foi realizada no momento que o suspeito chegava no local de trabalho.

Foram realizados, ainda, exames prosoprográficos, onde a identificação de suspeito é feita a partir da comparação de forma objetiva e metodológica dos elementos constitutivos da face apresentados em fotos.

Agora, ele permanecerá à disposição da Justiça aguardando os trâmites relativos ao processo de extradição.

Multidão mostra força da chapa Lula/Dino/Brandão/Camarão em São Luís

Milhares de pessoas lotaram nesta quarta-feira (22) o ato ‘ O Maranhão não pode parar’, que reuniu apoiadores das pré-candidaturas de Lula (PT) para presidente, Flávio Dino (PSB) ao Senado, e de Carlos Brandão (PSB) e Felipe Camarão (PT), respectivamente, pré-candidatos a governador e vice-governador do Maranhão.

Realizado no barracão da Escola Favela do Samba, em São Luís, o ato, organizado pelo vereador Beto Castro (PL) ratificou o volume da chapa Lula/Dino/Brandão/Camarão na capital maranhense.

Internado em São Paulo, onde ainda se recupera de um procedimento cirúrgico para retirada de um cisto renal, o governador do Maranhão, Carlos Brandão, enviou uma mensagem em vídeo, onde explicou o porquê do nome do evento.

“Este é um evento que nós estamos fazendo por todo o estado para mostrar o que a gente fez durante esses sete anos. O governador Flávio Dino, o governador Brandão, durante esses sete anos levaram grandes conquistas ao nosso estado, como a construção de novos hospitais, Policlínicas, a construção de Restaurantes Populares, a construção de hemodiálises, a construção e reforma de Escolas Dignas e os IEMAs, foram conquistas extraordinárias, por isso que o nome é O Maranhão Não Pode Parar”, frisou Brandão.

Aclamado pelo público, o ex-governador Flávio Dino usou a palavra para lembrar como foi decisivo o apoio que recebeu do então vice-governador Carlos Brandão, para que o Maranhão atravessasse o período mais crítico da pandemia de Covid-19, como o estado brasileiro com o menor número de óbitos decorrentes da doença.

“Hoje o Brasil inteiro diz e reconhece: o melhor combate ao coronavírus no Brasil foi o do Maranhão, o lugar onde menor morreu gente, onde mais se abriu hospital. Dou um exemplo aqui pertinho para vocês. O Genésio Rêgo é um hospital antigo, quando começou a pandemia o quê que a gente fez? A gente botou leitos, botou UTI e milhares de pessoas entraram deitadas em uma ambulância e saíram andando com a graça de Deus. E quem é que fez esse trabalho? Quem estava do meu lado era o vice-governador Carlos Brandão, me ajudando de manhã, de tarde e de noite. Quando a gente tira um jogador a gente procura alguém que jogue parecido e o Brandão é do nosso time”, enfatizou Flávio Dino.

Legado na educação

O ex-secretário de Educação e pré-candidato a vice-governador, Felipe Camarão, destacou as inúmeras obras educacionais entregues durante a gestão Dino

“Quem anda por São Luís olha obra do Flávio Dino por todo lugar. Eu tenho certeza que muitos filhos e filhas, netos, sobrinhos e afilhados de vocês estuda hoje em uma Escola Digna feita por nós”, reforçou Camarão.

O ex-secretário de Educação ressaltou ainda, outras políticas públicas implantadas durante o governo Dino/Brandão que entraram para a história do Maranhão, citando como exemplos, as Policlínicas, os inúmeros Restaurantes Populares e as dezenas de escolas em tempo integral.

“Este é o presente e é este o futuro que eu quero para a minha cidade, para minha casa, para os meus filhos e para os meus netos. É por isso que nós vamos vencer as eleições. Basta vocês compararem se é esse o Maranhão que vocês querem. Este é o X da questão. Lula, Brandão, Dino e Camarão, esse é o time da vitória, porque é o time que trabalhou e trabalha”, enfatizou Camarão.

Reconstrução do Maranhão

Beto Castro (PL), apontou em seu discurso o processo de reconstrução do Maranhão que foi capitaneado por Dino, e que segue em continuidade com a gestão Brandão.

“Nós sabemos que cada um que está aqui representa um pouquinho do nosso Maranhão. Esse Maranhão que um dia já foi muito defasado, humilhado, muito roubado, mas que hoje está dentro de um processo de reconstrução. Essa reconstrução partiu desde o início com Jackson Lago, se estendeu com Flávio Dino, e agora nós precisamos dar continuidade com o Carlos Brandão”, finalizou o parlamentar.

Braide mantém coerência ao declarar apoio a Weverton

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide (sem partido), manteve coerência ao declarar, nesta quinta-feira, 23, apoio à pré-candidatura do senador Weverton Rocha (PDT) para o Governo do Maranhão.

O gestor oficializou seu posicionamento em entrevista ao quadro Bastidores, do Bom Dia Mirante.

A decisão de hoje foi construída ainda em 2020.

Naquela ocasião Braide passou para o segundo turno da disputa pela Prefeitura de São Luís contra o candidato do grupo do então governador Flávio Dino (PSB), deputado estadual Duarte Júnior (PSB).

À época, Weverton e seu grupo ainda estavam na base dinista.

Mesmo assim, o senador optou pelo apoio ao hoje prefeito da capital – num movimento que já sinalizava seu rompimento com Dino.

E não foi um apoio qualquer.

No primeiro turno, Braide obteve pouco mais de 193 mil votos. O terceiro colocado, Neto Evangelista (União Brasil) – candidato de Weverton -, obteve 83 mil votos.

No segundo turno, Braide saltou para 270 mil votos, quase 80 mil votos a mais. Quase a mesma votação de Evangelista.

Não declara apoio ao senador pedetista agora é que seria incoerente da parte do prefeito da capital.

Braide confirma apoio a Weverton Rocha

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide (sem partido) confirmou nesta quinta-feira, 23, apoio à pré-candidatura do senador Weverton Rocha (PDT) ao Governo do Maranhão.

Ele deve participar de um evento à noite com os aliados do pedetista.

Em entrevista ao quadro Bastidores, da TV Mirante, o gestor explicou os motivos que o levaram à decisão.

“O senador Weverton já demonstrou capacidade de unir em favor do Maranhão. Também estivemos juntos nas eleições de 2020 e nada mais natural do que caminharmos juntos em 2022”, disse.

Braide acrescentou, ainda, que acredita na força política e no poder de articulação do senador em Brasília.

Com salários atrasados, Prefeitura de Turiaçu tem São João cancelado

A Justiça do Maranhão mandou cancelar a realização das festividades de São João da cidade de Turiaçu.

A decisão foi proferida na quarta-feira, 22, após ação do Ministério Público, ao constatar-se que o evento seria realizado em meio a uma crise de atraso de pagamento de salários de servidores na gestão Edésio Cavalcanti.

Por meio de nota, a Procuradoria do Município alega que não teve tempo para se defender das acusações da Promotoria antes da concessão da liminar.

E anuncia que recorrerá da decisão.

Aliados de Weverton esperam para hoje declaração de apoio de Braide

Aliados do senador Weverton Rocha (PDT) dão como certa ma declaração de apoio do prefeito de São Luís, Eduardo Braide (sem partido), ao projeto de candidatura do pedetista ao Governo do Maranhão.

Já têm até local e horário: Rio Poty Hotel, às 19h.

O gestor já declarou seu apoio ao também senador Roberto Rocha (PTB) na disputa pelo Senado.

Mas deixou para depois o anúncio sobre o Executivo.

Vale aguardar…

CPI pode tirar nome de Edivaldo de relatório antes de votar versão final

A CPI do Transporte de São Luís pode retirar da versão final do relatório o nome do ex-prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PSD).

Há forte articulação de bastidores para isso.

O ex-gestor teve o nome incluído entre as sugestões de indiciamento na versão do relatório apresentada na segunda-feira, 20, mas pode ser excluído antes da votação do colegiado que finalizará os trabalhos.

Vale aguardar…

Brandão rebate fake-news: ‘Me aguardem que estou chegando’

A Carta Política

Durante entrevista ao vivo para a TV Band, no Brasil Urgente, o governador Carlos Brandão (PSB), mandou uma direta para os propagadores de fake-news. Disse Brandão:

Aos que estão espalhando fake news sobre o meu estado de saúde, me aguardem que eu já estou voltando e vou mostrar como se faz campanha. É só comparar as biografias, fica fácil ver o que é melhor para o povo do Maranhão”, disse.

Lobby no MEC: Bira do Pindaré pede prisão de Bolsonaro

O deputado federal Bira do Pindaré (PSB) defendeu nesta quarta-feira, 22, que o presidente Jair Bolsonaro (PL) também deve ser preso por conta das investigações de corrupção no Ministério da Educação.

“Tem que prender também Bolsonaro, que deu ordens para Milton Ribeiro atender esse esquema criminoso”, afirmou.

Pela manhã, a Polícia Federal prendeu o ex-ministro Milton Ribeiro e o pastor Gilmar Santos, ambos no bojo da operação “Acesso Pago” que investiga a existência de um suposto ‘gabinete paralelo’ instalado no MEC, à época em que o primeiro era o titular da pasta.

Segundo os federais, durante a gestão Ribeiro houve favorecimento de pastores na distribuição de verbas da pasta.