Ricardo Murad retira candidatura à Presidência da Assembléia

O deputado estadual Ricardo Murad (PMDB) acaba de retirar sua candidatura a presidente da Assembléia Legislativa. Em coletiva no Palácio dos Leões, o parlamentar explicou que decidiu sair da disputa porque não houve consenso em torno do seu nome.

“Não serei o candidato da discórdia. Estou oficialmente retirando minha candidatura para que o consenso ocorra. Eu não vim para o governo para brigar. Se não há consenso em torno do meu nome, eu sou o primeiro a me retirar “, afirmou.

Acompanhado dos deputados Max Barros (DEM), Roberto Costa (PMDB), Victor Mendes (PV) e Carlos Filho (PV), ele anunciou, também, a retirada da candidatura do último à vaga de 1° secretário.

Na visão de Murad, seria irracional partir para um disputa interna, dentro da bancada governista, quando o Governo do Estado precisa de bases fortes para desenvolver “o maior projeto que o Maranhão já viu”.

“Não tem sentido um governo que se elegeu em primeiro turno, fez 30 deputados e que se propõe a realizar o maior projeto que o Maranhão já viu, rachar por conta de uma disputa na Assembléia”, acrescentou.

Segundo o peemedebista, a expectativa, agora, é que o grupo que se confinou em um sítio durante todo o fim de semana e lançou Arnaldo Melo (PMDB) como candidato a presidente, esteja disposto a discutir a nova composição da Mesa Diretora.

Ele atribuiu a uma disputa por cargos a reviravolta que a eleição da Mesa Diretora sofreu nos últimos dois dias.

“Eu penso que a disputa por cargos entre os dois blocos [Blocão e Bloquinho] e a desconfiança de que acordos poderiam não ser cumpridos impediu o consenso sobre meu nome”, completou.


0 pensou em “Ricardo Murad retira candidatura à Presidência da Assembléia

  1. Quanto maior a arrogância maior o tombo!!

    O tratozão pareceu um fusquinha nessa briga…

    Afroxou….

    A governadora colocou ele no devido lugar… Dar espaço demais ao “Ricardim” seria se submeter a pessoa que já mais a achincalhou e a sua família.

  2. Ricardo experimentou uma pequena gota do veneno destilado pelo chefe do clã, que esperou até o último momento para dar seu pode certeiro.
    Ricardo que se contente e se aquete, pois o maior projeto que de ‘desenvolvimento’ o Maranhão já ouve falar desde a década de 1970 e nenhum nunca vingou, todos nasceram natimortos, exemplos não faltam ainda mais cercados de velhos incompetentes…

  3. O Ricardo Murad foi vitima da sua própria arrogância, como aliás já aconteceu várias vezes com politicos que se achavam os donos da situação, prá pessoas assim a derrota tem um gosto mais amargo ainda.