IPTU: a fragilidade dos argumentos da Prefeitura

A Prefeitura de São Luís já deixou bem definido que discurso vai utilizar para enfrentar o embate envolvendo a fraude apontada pelo Ministério Público no processo de criação da lei que majorou em até 8.500% o valor do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) da capital.

A desculpa para o aumento desmedido em alguns casos é a faixa isenção em que algumas áreas foram inseridas.

O argumento fica claro pelas próprias declarações da deputada Gardênia Castelo (PSDB), filha do prefeito João Castelo (PSDB) e espécie de porta-voz do Executivo Municipal.

“Na realidade, o que o prefeito João Castelo está fazendo não é fraude, é justiça fiscal”, disse ela, em meio ao debate sobre o assunto na Assembléia Legislativa, na última quinta-feira (6).

Mais frágil impossível.

Isso porque se, de um lado, explica a intenção político-elitoreira da ação, a declaração da deputada não consegue dirimir a principal dúvida que paira sobre a opinião pública no momento: por que fraudar documentos, então?

Se o motivo era tão nobre, por que forjar uma ata que nunca existiu?

Se a medida apenas beneficia a população, por que enganar FIEMA, FECOMÉRCIO, SINDUSCON e ACM?

Se tudo foi feito dentro da normalidade, por que modificar os valores apresentados na Aerocarta?

Perguntas sem resposta, que só confirmam o que já vem sendo dito: a Prefeitura fraudou de má-fé os documentos para garantir aumento do IPTU.


0 pensou em “IPTU: a fragilidade dos argumentos da Prefeitura

  1. A CASA CAIU CASTELO. TE CUIDA! TU VAI SER PROCESSADO! todo mundo ja sabe…

  2. Por que os órgãos públicos não se manifestam? será que este senhor a modo do que fez com a câmara já comprou a todos também? O que esta faltando para que este senhor tenha cassada sua eleição para o comando municipal?

  3. Primeiro voc:ê pode explicar quem comprovou a suposta fraude? O que está rolando é uma afirmação do MP. Nada foi provado. Me explique a empresa aerocarta não é responsável por ditar valores. Quem dita os valores é o mercado.
    Vc já comparou os valores de mercado com os valores cobrados no novo IPTU?
    O que acontece é que vocês ligados a oligarquia querem tomar as dores dos abastados donos das regiões mais ricas da cidade que proporcionamente pagavam menos que os mais pobres.
    Agora a Prefeitura e a camara fizeram o jogo virar.
    Rico paga o que deve e quem não pode pagar não paga.

    • É essa cegueira – que consome os aliados de Castelo – que dificulta o entendimento de que São Luís está um caos e necessita de um verdadeiro “choque de ordem”

      • Pq vc não argumenta? Pq quando alguém discorda dos seus dados parciais vc parte para o pessoal e chama de alidados de castelo. Partindo desse pressuposto então você é alidado de quem?
        Se quer ter um blogo, se abre os comentários tem que ter inteligencia para mostrar seu conteúdo. Se é que tem.