Paulo Marinho tem prisão decretada por débito de pensão alimentícia

O ex-prefeito de Caxias e ex-deputado federal Paulo Marinho teve sua prisão decretada, esta semana, pelo juiz Paulo Afonso Vieira Gomes, da 3ª Vara da Comarca de Caxias.

No despacho em que determina o recolhimento de Marinho “na cadeia Pública loca”, o magistrado explica que o motivo do pedido de detenção é a falta de pagamento de pensão alimentícia por parte do acusado no valor de R$ 10.427,27.

Segundo apurou o blog, o mandado ainda não foi cumprido. Ninguém achou Paulo Marinho na cidade.

(Com informações do blog do Ricardo Marques)

 


4 pensou em “Paulo Marinho tem prisão decretada por débito de pensão alimentícia

  1. É só o tempo sufuciente para mexer os pauzinho, alguns telefonema para Brasilia e suspender o despacho. Aonde já se viu ladrão ou corrupto de colarinho branco ser preso, no Brasil?, em lugar nenhum, não é aqui no Maranhão que vai acontecer, só quando Saci cruzar as perna!!!

  2. Caro amigo,

    Conforme coloquei em primeira mão, por que até o momento ninguem tinga dado entrada na auditoria militar, pedindoa prisão dos lideres. E por volta das 16h foi dado entrada, pois nem aqui o juiz auditor se encontrava, então a informação em primeira mão foi dada pela confirmação, e não por possibilidades.

    Grato!

Os comentários estão fechados.