Confirmado! Atropelador da Litorânea estava a mais de 100 km/h

Rodrigo Lima no dia do acidente (Foto: O Imparcial)

Foram mesmo o excesso de velocidade e a imprudência do estudante Rodrigo Araújo Lima, 22, que acabaram por vitimar Ubiraci Nascimento Filho, 13, e Solange Maria Cruz Coelho, 42, na Avenida Litorânea, dia 5 de novembro deste ano.

A constatação veio nesta terça-feira (12), após a divulgação do laudo final sobre o acidente, pelo Instituto de Criminalística do Maranhão (ICRIM-MA), em entrevista coletiva.

As investigações revelaram que Rodrigo Araújo mentiu ao declarar, em depoimento, que dirigia em velocidade entre 80 km/h e 100 km/h. Ele estava, na verdade, a 110 km/h.

_____________________Leia mais

ABSURDO! “Atropelador da Litorânea” culpa vítimas pelo acidente

Atropelador da Litorânea presta depoimento

No local da tragédia, a velocidade máxima permitida é de apenas 60 km/h.

Ainda segundo o laudo do ICRIM, a prova cabal de que o carro dirigido pelo estudante, um Toyota Corollsa, estava em alta velocidade foram as marcas deixadas pelos pneus depois da frenagem antes do impacto. Os peritos detectaram marcas de 26 metros.

O resultado do laudo será agora encaminhado à Delegacia de Acidentes de Trânsito (DAT) que cuidará do processo.


2 pensou em “Confirmado! Atropelador da Litorânea estava a mais de 100 km/h

Os comentários estão fechados.