No hospital, Castelo é desprestigiado por secretários; quadro não é grave

O prefeito de São Luís, João Castelo (PSDB), que está internado desde a noite de quarta-feira (28) no UDI Hospital, foi totalmente desprestigiado pelo seu próprio secretariado nesta quinta-feira (29).

Durante todo o dia, nenhum deles foi visto no hospital para visitar o tucano ou mesmo prestar solidariedade à família.

Só quem apareceu por lá foi o presidente da Câmara Municipal, Isaías Pereirinha (PSL), e outros dois vereadores: João batista Matos (PPS) e José Joaquim (PSDB).

Boletim

Boletim médico divulgado às 16h pela Coordenação da Unidade de Terapia Intensiva do hospital (veja cópia abaixo), diz que o prefeito não tem previsão de alta.

Ao contrário do que se especulou na imprensa hoje à tarde, o blog apurou que o quadro de Castelo não é grave. Falou-se em hemorragia intestinal (sepse abdominal, segundo o termo técnico), o que não existe.

Na verdade, o quadro de sepse abdominal era uma hipótese levantada ainda na noite de ontem. Hoje, após exames clínicos, descobriu-se a gastroenterocolite aguda (popular diarréia).

O prefeito não tem febre, não sente dores abdominais (está com o abdômen flácido, o que é um bom sinal) e respira normalmente.

Ele está sendo medicado com Bactrim e Dipirona.

A família já decidiu pela transferência ao Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. A esposa, Gardênia Castelo, já está lá. A viagem deve ocorrer à meia-noite.

Viajando

O secretário Clodomir Paz (Trânsito e Transportes) acionou o blog para explicar que não poderia visitar o prefeito por estar em Teresina, participando do Encontro Nacional de Secretários Municipais de Trânsito e Transportes de capitais.


1 pensou em “No hospital, Castelo é desprestigiado por secretários; quadro não é grave

  1. Mas tu queria o que de um velho escroto que se fez as custas de todos e esqueceu dos favores? Até agora so fez roubar o dinheiro do povo, tu ainda quer que alguem va para hospital puxar saco?

Os comentários estão fechados.