Contrato do governo com empresa ligada a irmão de Flávio Dino é denunciado ao MP e do TCE

andreaA deputada Andrea Murad (PMDB) subiu na tribuna nesta quinta-feira (11) para falar das duas representações que deu entrada na Procuradoria Geral de Justiça e no Tribunal de Contas do Estado do Maranhão.

Segundo ela, o processo de dispensa de licitação que visa fornecer serviços de xerox através da empresa Copiar para a Secretaria de Planejamento do Estado apresenta vícios e graves irregularidades que merecem atenção da justiça e medidas do TCE. A parlamentar apresentou novos elementos que configuram ilegalidade e disse que o erário não pode ser prejudicado em favorecimento de empresa ligada a família do governador.

O caso foi incialmente denunciado em O Estado, no mês de março (reveja).

“A Copiar foi contratada pela Seplan através de dispensa de licitação sem necessidade. O governo assumiu em janeiro, teve tempo de fazer o pregão, mas não fez. Poderia também optar para prorrogar o contrato com a CSF, que era a empresa que prestava o serviço, mas também não fez, mesmo tendo o valor mais vantajoso para a Secretaria. Mas no processo de dispensa, existiu uma simulação na planilha de custos das propostas para beneficiar a Copiar”, explicou Andrea Murad.

A deputada Andrea Murad explicou que o secretário adjunto da Seplan, Nélio Alves Guilhon, foi quem simulou essa planilha de custos favorecendo a Copiar no processo licitatório. Além disso, ela denunciou que o adjunto é um servidor federal que faz parte do quadro de funcionários da UFMA com dedicação exclusiva e que jamais deveria estar secretário adjunto de planejamento do Estado. Outra grave irregularidade destacada pela parlamentar é que a empresa tem ligações com familiares do governador Flávio Dino.

“A sócia da Copiar é Glenda Frota de Albuquerque Cordeiro, irmã de Sandra, casada com Nicolau Dino, irmão de Flávio Dino. Aí quando o governador chega e diz: não, emprego eu não dou a ninguém da minha família no meu governo. Realmente, ele não está dando emprego não, ele está dando um baita de um emprego, porque isso aqui é um baita de um salário para alguém da família dele. Então é uma hipocrisia sem tamanho. E o mais grave: o Nélio simulou a planilha de custo, isso foi simulação. Por que não prorrogou com a CSF que seria mais vantajoso? Por que não deu o aditivo no prazo? Porque não quis, porque quis beneficiar a Copiar, empresa da família do parente do governador”, disse a parlamentar.


3 pensou em “Contrato do governo com empresa ligada a irmão de Flávio Dino é denunciado ao MP e do TCE

  1. Parece que não existe MPE e TCE, essa CCL só tem gatuno na comissão. Toda licitação tem uma uma empresa entrando com recurso por causa das irregularidades no edital direcionado, esse presidente é conhecido na semed.

  2. Esse Nelio é um […] , ele é ligado a um professor aposentado chamado Eugenio dono de uma empresa intech que não tem nenhum qualificação técnica e esta fazendo um processo licitatório na seati para ganhar , procure a trabalhar Nelio .

Os comentários estão fechados.