Agências pedem anulação da licitação da Secom

É grande o imbróglio na licitação para a escolha das agências de publicidade que atenderão a conta do Governo do Estado.

O resultado foi divulgado pela Secretaria de Estado da Comunicação (Secom) há um mês. As vencedores foram três maranhenses: Clara Comunicação, Mallman e AB Propaganda.

A estimativa de gastos do governo, para um ano, é de R$ 37 milhões.

Ocorre que cinco agências que perderam a concorrência decidiram protocolar recursos contra o certame.

A já conhecida Leiaute, da Bahia, a TIS e a Euro pediram revisão de notas. Querem ser alçadas a postos mais altos.

A VCR e a Phocus, ambas do Maranhão, pedem mais: a anulação de todo o processo licitatório.

Os recursos estão pendentes de julgamento desde junho.


1 thought on “Agências pedem anulação da licitação da Secom

  1. Carlo jornalista,

    As agencias Phocus e VCR parecem duas abandonadas que NÃO aceitam o fim do relacionamento. Ora veja: A veterana agência VCR – uns afirma que essas iniciais querem dizer Wanda Com Roseana-, tem sua história toda agarrada igual um carrapato nas tetas do Governo do Estado, sempre nas gestões de Roseana; a Phocus experimentou as tetas da “viúva estadual” durante dois anos; sob o comando do inexperiente Daniel Caracas, construiu um império físico, inchado de funcionários e lavou a égua por dois anos no governo Roseana; recentemente, ganhou por concorrência (pra lá de suspeita) a conta da ex-poderosa Vale, que inibiu seus investimentos publicitários por conta da crise mundial. Daniel alugou a sede própria da agência, demitiu 70% dos seus funcionários, portanto, não quer largar o osso e o padrão de vida de riquinho que conquistou.
    As outras, a já conhecida Leiaute, da Bahia, a TIS e a Euro (forasteiras de ocasião), e as maranhenses já citadas, Phocus e VCR, deveriam sim era respeitar o resultado do julgamento técnico, pois as vencedoras não deixam nada a desejar em qualidade técnica às recorrentes.
    Se não ganharam jogando em campo senhoras agências, NO TAPETÃO é que não vão INFLUENCIAR um governador, ex-juiz, que entende das Regras da Lei. RESPEITEM O RESULTADO!!!

Os comentários estão fechados.