QUEM SERÁ?! Deputado diz que genro de desembargador vende sentenças por R$ 200 mil

fernando_furtadoA já fatídica participação do deputado estadual Fernando Furtado (PCdoB) num evento de produtores rurais na cidade de São João do Caru, no mês de julho, ganhou mais um capítulo ontem (6).

Um novo áudio revela que, além de insultar indígenas (reveja), o Incra, o PT e antropólogos, o comunista fez, ainda, uma grave acusação contra o Tribunal de Justiça do Maranhão.

No mesmo discurso, Furtado disse que “um genro de um desembargador” faz negociatas com deputados e seus aliados prefeitos, vendendo sentenças por “R$ 100 mil e R$ 200 mil” para determinar o retorno de gestores aos cargos.

“Eu fiz o meu pronunciamento incomodando alguns deputados que têm trânsito no Tribunal e fazem negociatas, para poder voltar prefeitos com R$ 100 mil e R$ 200 mil, em posto de gasolina. Porque eu fui passar uma noite de domingo em um posto de gasolina em São Luís para flagrar uma negociata dessas com um genro de um desembargador. Eu estava lá de madrugada, vendo tudo. Porque podem fazer comigo duas coisas: ou eu perder o mandato ou eles me matarem. Agora, eu não vou me calar”, afirmou o parlamentar.

Ele só não disse que é o desembargador, quem é o genro, quem foram os prefeitos, nem quem foram os deputados.

Mas deveria!

Se dessa vez o Conselho de Ética da Assembleia Legislativa não tomar uma providência, já pode ser fechado.


18 pensou em “QUEM SERÁ?! Deputado diz que genro de desembargador vende sentenças por R$ 200 mil

  1. A questão para ser apurada basta ser analisado o critério. Por que alguns Prefeitos afastados por improbidade retornam ao cargo e outros na mesma situação não voltam?
    Por que o Prefeito de Anajatuba e o de Bacuri voltaram aos cargos e os de Humberto de Campos e de Açailândia estão afastados até hoje ?
    Se nós olharmos as peças processuais produzidas pelos advogados dessas Prefeituras veremos que possuem os mesmos argumentos, mas nosso Tribunal de Justiça possui dois pesos e quatro medidas.
    Pelos preços cobrados hoje, faltando pouco mais de uma ano para terminar o mandato, para alguns prefeitos nem vale a pena (economicamente) entrar nesse jogo sujo.
    Enquanto isso Magistrados que ganham menos de R$ 35.000,00 possuem apartamentos de mais de dois milhões de reais, fazendas de milhões, veículos importados de trezentos mil reais, viagens para Europa, passam por processos de divorcio, com partilha de bens sem sentir qualquer efeito no seu padrão de vida, filhos esbanjando e até humilhando os meros mortais que não conhecem da ADVOCACIA ADMINISTRATIVA. O MP SABE, A CORREGEDORIA SABE, A IMPRENSA SABE, TODO MUNDO SABE… OS magistrados de bem, que vivem de suas receitas legitimas, também são culpados porque sabem e não fazem nada.

    • Sr. Ricardo Pinto, ou sjea lá quem for.

      Esse episódio é uma boa oportunidade para que as coisas sejam postas em pratos limpos.
      É preciso que se dê os nomes dos envolvidos nessas compras e vendas de decisões na justiça do Maranhão.
      Dizer que todos sabem não ajuda em nada.

  2. Essa história de negociata no TJMA é igual a linha do Equador: todos sabem que existe, mas autoridade nenhuma vê.

  3. Quero aqui parabenizar o DEPUTADO, Dep Fernando Furtado, sim, porque não existe deputado suplente e sim suplente de deputado, ele assumiu uma cadeira, deixou temporariamente de ser suplente. Por falar a verdade… todo mundo sabe que prefeitos são cassados de manhã e voltam a tarde, a prefeita ostentação é a prova disso, Faltou deputado, foi os nomes apesar de muitos serem do conhecimento publico, mas sabemos da dificuldade de provar esses casos… Nesse caso tem meu total apoio!!!

  4. Esse deputado é um tremendo leviano nas suas denúncias vazias, já que não declina os nomes dos envolvidos nessas tais negociatas.
    Como parlamentar que é, e ter responsabilidades nas suas proposições, até porque tem imunidade material e processual, devieria ser mais republicano nas suas colocações, dizer os nomes nos envolvidos, prestando, assim, um relevante serviço à justiça, assim como à sociedade como um todo.
    Logo que o mesmo for chamado às falas, vai se retratar, como é do seu feitio.

  5. Concordo com tudo que o Ricardo Pinto escreveu.É visivelmente verdade.Só os carrões já mostram a incompatibilidade com os salários, e as residencias??O CNJ e a Receita Federal não vê isso?É sim,uma afronta.

  6. Vai se ferrar! foi mexer com quem não devia, só falou o que acontece em todoBrasil, e o corporativismo não deixa ser apurado. Voces se lembram da briga dos desembargadores, Rachid x Baima?

  7. TODOS SABEMOS QUE EXISTE NEGOCIATAS DENTRO DO TJ/MA MAS NINGUEM TEM A CORAGEM DE FALAR COMO ESSE DEPUTADO FALOU, É CLARO QUE SE ELE FOR CHAMADO ELE INDICARÁ O NOME DAS PESSOAS ENVOLVIDAS OU SE CALARÁ PARA SEMPRE.

  8. Impressionante….
    Se fosse só desembargador… Tem genro de Juiz respondendo como desembargador também, tem genro de procurador aposentado que nem advogado é que usa o nome dos mesmos para ludibriar prefeitos…
    E é só de R$ 200.000,00 para cima.

  9. TODOS SABEM A QUEM O DEPUTADO FERNANDO FURTADO ESTÁ SE REFERINDO… O GENRO EM QUESTÃO, É, O LOBISTA, BACHAREL EM DIREITO, MARCELO […], MARIDO DA ADVOGADA […]… QUE TODOS SABEM DE QUEM ELA É FILHA… ESSE MARCELO […] É O MAIOR NEGOCIADOR DE SENTENÇAS QUE EXISTE VIVO AQUI NO MARANHÃO.

Os comentários estão fechados.